Mais de 1,6 mil experiências, desenvolvidas pela Atenção Primária à Saúde em todos os estados do Brasil participam da iniciativa APSForte no SUS – no combate à COVID19, promovida pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil e pelo Ministério da Saúde do país.

Os relatos dos profissionais de saúde demonstram a capacidade dos profissionais de reagirem à pandemia, oferecendo respostas adequadas à realidade de cada território, nas diferentes regiões brasileiras. Após análise técnica dos relatos, 1.437 experiências foram aprovadas por atenderem aos protocolos adotados pelo país para o enfrentamento da COVID19.

Os cases apresentados trazem exemplos bem-sucedidos no manejo da COVID19 pela Atenção Primária à Saúde (APS), com situações comuns vivenciadas pelos profissionais nas unidades de saúde. Também são relatadas ações de Vigilância em Saúde para a pandemia a partir da APS, especificamente no monitoramento dos contatos de sintomáticos e dos casos confirmados de Covid-19, estão entre as iniciativas que se destacaram no cenário de crise sanitária, assim como práticas de educação permanente das equipes da APS, ações de educação em saúde e comunicação. As experiências sobressaem-se, ainda, pela potencialização de ações intersetoriais no enfrentamento à pandemia e ações de estímulo à participação da comunidade e controle social.  

A OPAS/OMS no Brasil e o Ministério da Saúde promovem debates técnicos virtuais com os autores das experiências para compartilhar o conhecimento adquirido na pandemia. A live é transmitida pelo site da parceria, chamado Portal da Inovação na Gestão do SUS (www.inovaçãoemsaude.org). Ao oportunizar a participação nos debates virtuais, a iniciativa APSForte no SUS – no combate à COVID19 fortalece o protagonismo dos profissionais da APS no enfrentamento à pandemia e socializa o conhecimento, possibilitando o acesso à informação de maneira equitativa, em um formato que permite a convivência e o relacionamento sem infringir os protocolos de distanciamento social.

Desde junho, foram realizados 12 encontros virtuais, com três experiências da APS convidadas por debate, além da presença do moderador e do debatedor convidado. Os debates revelam as potencialidades e capacidades da APS no contexto de pandemia, demonstrando as múltiplas competências dos profissionais de saúde para reagirem à situação de emergência sanitária.

Confira os debates da iniciativa APSForte no SUS – no combate à COVID19:

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest