Uma década de Laboratório de Inovação em Saúde – produção de conhecimento para melhoria do setor saúde 

Em uma década de cooperação técnica da Representação da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasil, instituição ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS), foram sistematizadas 182 experiências praticadas nos serviços de saúde identificadas por meio de doze temáticas abordadas pela metodologia dos Laboratórios de Inovação em Saúde (LIS). Atenção Integral à Saúde de usuários portadores de Doenças Crônicas, Atenção Domiciliar, Gestão do Trabalho no SUS, Atenção Integral à Saúde de Adolescente e Jovem, Manejo da Obesidade nas Redes de Atenção, Participação Social no SUS, Inovações na Saúde Suplementar, Educação na Saúde, Atenção Primária e Enfermagem, foram os assuntos sistematizados a partir de experiências desenvolvidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

Os LIS sistematizam experiências inovadoras e boas práticas que respondam aos desafios postos para o setor saúde e que podem ser replicáveis em contextos sanitários similares. Por meio do conhecimento tácito aprendido por trabalhadores e gestores do SUS na realidade dos serviços, o LIS permite que esta prática registrada de forma documental e compartilhada em encontros presenciais ou virtuais possa motivar trabalhadores e gestores a buscar novos caminhos para resolver problemas recorrentes. 

Instituído a partir de 2011, como ferramenta de cooperação técnica da OPAS Brasil, os resultados do Laboratório de Inovação em Saúde são registrados por meio da Série NavegadorSUS e Inovação na Gestão, ambas editadas pela OPAS Brasil.

Laboratórios em Desenvolvimento

Laboratórios Finalizados