O Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil (OPAS/BRA), realiza a 2a edição do LABORATÓRIO DE INOVAÇÃO EM ENFERMAGEM: VALORIZAR E FORTALECER A SAÚDE UNIVERSAL, que visa buscar práticas exitosas realizadas por profissionais da enfermagem do Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa  visa identificar, valorizar e dar visibilidade às experiências inovadoras produzidas pela categoria da Enfermagem (auxiliares, técnicos e graduados) que tenham produzido resultados exitosos na gestão de serviços do SUS. O objetivo é reunir conhecimentos de forma ascendente sobre a prática da enfermagem para subsidiar e formular políticas viáveis e sustentáveis para o SUS, contribuindo para sua qualificação da categoria profissional.

período de inscrição – ATÉ 15 DE NOVEMBRO

Dias
Horas
Minutos
Segundos
Inscrições encerradas

Eixos temáticos

Cada inscrição precisa estar contemplada em algum dos três eixos abaixo. Cada proponente poderá submeter uma experiência por eixo. Para cada experiência, deverá ser realizada uma inscrição diferente, por meio do formulário eletrônico disponível no site

Tema 1  Enfermagem no contexto das Redes de Atenção à Saúde (RAS)

Os trabalhos relativos a este tema devem abordar experiências inovadoras referentes às ações da enfermagem na Atenção Básica, Média e Alta Complexidade, que abranjam processos da Gestão, Assistência à Saúde e Formação/Qualificação em Serviço.

Os trabalhos podem envolver uma ou mais ações, dentre estas:

Educação permanente em saúde para qualificação, capacitação e/ou aperfeiçoamento do profissional da enfermagem.

Desenvolvimento e Aplicação de tecnologias inovadoras em cuidado e saúde.

Ampliação de escopo de práticas para o cuidado em saúde;.

Reorganização do processo de trabalho para ampliação do acesso e qualidade do atendimento ao usuário.

Práticas exitosas referente ao processo de formação (curso profissionalizante de nível médio; graduação, especialização, residências, mestrado e doutorado).

Tema 2 Assistência à Saúde na Linha de Cuidado Materno Infantil

Os trabalhos relativos a esta temática devem abordar experiências inovadoras relativas às ações da enfermagem que visam ampliar e qualificar a assistência no pré-natal; parto, nascimento e puerpério, no que abrange processos da Gestão, Assistência à Saúde e Formação em Serviço/Qualificação.

Os trabalhos podem envolver uma ou mais ações, dentre estas:

Práticas exitosas referente ao cuidado no pré-natal, parto/nascimento e puerpério (consulta de enfermagem, educação em saúde para a gestante etc.).

Elaboração e implementação de protocolos para o cuidado da gestante, puérpera e criança.

Desenvolvimento e Aplicação de tecnologias inovadoras para o cuidado durante o pré-natal, parto/nascimento e puerpério.

Tema 3 Ações da Enfermagem para o enfrentamento da pandemia da COVID-19

Os trabalhos relativos a este tema devem abordar atividades desenvolvidas pela enfermagem na Atenção Básica, Média e Alta Complexidade, para o enfrentamento da pandemia da COVID-19.

Os trabalhos podem envolver uma ou mais ações, dentre estas:

Práticas exitosas referente experiências inovadoras relativas à ampliação do escopo de práticas da Enfermagem no rastreamento, prevenção, cuidado e reabilitação de usuários do SUS acometidos pela Covid-19.

Educação permanente em saúde para qualificação, capacitação e/ou aperfeiçoamento do profissional da enfermagem para o cuidado no contexto da pandemia COVID-19.

Elaboração e implementação de protocolos para estruturação da assistência e cuidado de enfermagem na pandemia COVID-19.

Inovação no processo de trabalho para o enfrentamento da pandemia COVID-19.

 

Avaliação das experiências e Cronograma

A avaliação será feita por uma Comissão composta por integrantes do COFEN, da OPAS/OMS, dos Ministérios da Saúde e Educação, da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) e se dará em três etapas:

 

1ª etapa – Avaliação pela Comissão: Homologação das experiências inscritas por meio da conferência dos documentos enviados e análise da descrição da prática, podendo ser solicitadas informações adicionais, de acordo com os critérios previstos neste edital. Cada trabalho será submetido a, no mínimo, dois avaliadores.

 

2ª etapa – Seminário de apresentação dos trabalhos:  Os autores das experiências selecionadas na primeira etapa serão convidados a participar de um seminário a ser realizado em março de 2022, em Brasília, onde apresentarão suas experiências e poderão trocar conhecimentos com os demais participantes. Eventualmente, caso recomendação da autoridade sanitária local, o evento poderá ser de forma virtual.

 

3ª etapa – Visita in loco: As experiências selecionadas na segunda etapa receberão a visita de membros da Comissão de Avaliação a fim de conhecer a implantação da experiência no território.

Novembro
Período de inscrições
Novembro
Setembro a Outubro/2021
Período de inscrições
Setembro a Outubro/2021
Setembro a Outubro/2021
Período de inscrições
Setembro a Outubro/2021
Novembro e Dezembro/2021
Avaliação - Etapa 1 - Avaliação pela Comissão
Novembro e Dezembro/2021
Janeiro/2022
Divulgação da relação das experiências classificados para a etapa 2 de avaliação
Janeiro/2022
Março/2022
Avaliação - Etapa 2 – Seminário
Março/2022
Abril/2022
Divulgação dos resultados da 2ª etapa
Abril/2022
Junho e julho/2022
Avaliação - Etapa 3 - Visitas técnicas
Junho e julho/2022
Agosto/2022
Divulgação dos resultados da 3ª etapa- RESULTADO FINAL
Agosto/2022
Setembro e outubro/2022
Organização da publicação das experiências selecionadas
Setembro e outubro/2022
CBCENF em novembro
Seminário e Cerimônia de Reconhecimento
CBCENF em novembro

1ª Edição