APSREDES

Divulgação dos relatórios descritivos de 13 experiências selecionadas pelo Laboratório de Inovação na Atenção à Saúde de Jovens e Adolescentes (2a Edição)

Captura-de-Tela-2015-12-07-às-15.36.22

O Laboratório de Inovações na Saúde de Jovens e Adolescentes divulga, em sua página na internet (https://apsredes.org/saude-adolecente-jovens/), o relatório de visitas de 13 experiências provenientes de oito estados – Acre, Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo. A partir destes relatos serão definidas as experiências que serão sistematizadas e publicadas no livro NavegadorSUS e no Portal da Inovação em Saúde (apsredes.org), como finalistas da 2a Edição do Laboratório de Inovação. As visitas ocorreram nos meses de setembro e outubro.

“As experiências inscritas que fazem parte do mesmo plano de ação, do mesmo proponente, foram integradas pela coordenação e contabilizadas como única experiência. Deste modo, ao fim das visitas temos 13 experiências ao invés de 18 iniciativas selecionadas”, explica a coordenadora Maria Ignez Saito. São elas:

Construindo estratégias intersetoriais para o atendimento de adolescentes com medida protetiva de saúde (Belo Horizonte)

Educação permanente e gincana da saúde (Novo Hamburgo – RS)

Humanização do cuidado; acolhimento em saúde mental e saúde do escolar na atenção primária (Paranoá – DF)

Juventude, comunicação e políticas públicas de saúde: incidência e prevenção contra a violência e o abuso de drogas (Cipó – Salvador)

Move – MRJT (São Paulo)

Projeto acampadentro (São Paulo)

Projetos de grupos terapêuticos, enfrentamento do tabagismo e implantação do Pansisari (Degase-RJ)

Projeto multiplicadores da vida (Campo Bom)

Projeto jovem multiplicador (Xapuri)

Programa articulador jovem de saúde (Vacaria)

Programa de residência multiprofissional em saúde do adolescente (Divinópolis)

Terapia corporal: prevenção em saúde mental e serviço de atenção a pais e de adolescentes (Brazlândia -DF)

O potencial de reprodutibilidade no Sistema Único de Saúde (SUS) e os resultados alcançados pela experiência são alguns dos pontos observados pela equipe de trabalho, integrada por representantes da Coordenação Geral da Saúde dos Adolescentes e Jovens do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde/OMS. A divulgação das experiências finalistas deverá ocorrer ainda este ano.

Veja mais

Vanessa Borges, para o Portal da Inovação

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram