Move – MRJT (São Paulo)

O objetivo do projeto é conscientizar os adolescentes sobre os malefícios ocasionados pelo consumo de drogas através de um grupo educativo realizado nas salas de aula. A proposta é atingir esse público compartilhando opiniões e conhecimentos e desmistificando o assunto, fazendo com que eles sintam confiança na equipe para expor e discutir suas dúvidas. A necessidade de abordar o assunto surgiu durante o projeto “Plantão na Escola” no qual uma equipe fica a disposição dos alunos do colégio durante o intervalo de aulas para esclarecimento de dúvidas. Notou-se que vários questionamentos foram levantados pelos adolescentes (sexo, namoro, profissão, família), mas o assunto “drogas” era ignorado; resolveu-se, então, abordar o tema através de grupos educativos nas salas de aula. O primeiro passo foi conversar com a escola e deixar claro que o objetivo maior era passar a informação de forma clara e neutra com a principal finalidade de esclarecer dúvidas sem fazer apologia. O grande desafio enfrentado foi a aceitação dos coordenadores. Com a proximidade da equipe, os adolescentes passaram a procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) buscando serviços como agendamento de consultas, retirada de preservativos, tratamento dentário, vacinação etc. Através dessa ação, a UBS Dona Mariquinha Sciáscia percebeu uma melhora no autocuidado desses adolescentes e no vínculo com a UBS. Desde 2011 essa atividade vem sendo implementada e liderada pelo NASF na OS Santa Casa na Microregião Jaçanã/Tremembé, São Paulo. Promovem oficinas nas escolas sobre nutrição, cultura de paz (violência e bullying). Tem como alvo das atividades os escolares do ensino fundamental e médio, na faixa etária 8 a 16 anos.  Cerca de 100 UBS do território trabalham com sua escola próxima, sendo ampla a cobertura com 875 participações. As atividades têm o apoio da mídia. Anualmente acontece o festival do MOVE. Dificuldades:  falta de financiamento e avaliação tanto quali quanto quantitativa. Aspectos facilitadores: intersetorialidade, vínculo dos profissionais e dos alunos, interesse dos colaboradores. Durante a visita houve a oportunidade da observação de uma atividade com escolares e outra com adolescentes surdos-mudos.

 

Participantes presentes durante a visita técnica:

Maria Helena Ruzany – Assessora técnica do Ministério da Saúde

Maria Ignez Saito – Assessora técnica do Ministério da Saúde

Monique Santos – Gestor de Responsabilidade Social

Vanessa Rodrigues Dalan – Gerente de enfermagem

Gerson Militão de Souza – Gerente Administrativo

Thais Lopes Cari – Gerente NASF

Soraia Lancelotti – Médica Supervisora da Microrregião

Cristiane Aparecida de Souza – ACS

Tereza de Salgueiro Alvo- STS Jaçanã

Catarina do CP Souza – Conselho Gestor

Raimunda M Escanuela  – Conselho Gestor

Margarida F. Almeida – Conselho Gestor

11 São Paulo MOVE – MRJT corr

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest