Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantação, estrutura, processo e resultados das Clínicas da
Família na cidade do Rio de Janeiro.

A Atenção Primária à Saúde (APS) é o primeiro nível de acesso a um sistema de saúde, caracterizando-se, principalmente, pela longitudinalidade, integralidade da atenção e a coordenação do cuidado, podendo contar com característi cas complementares como a orientação familiar e comunitária e a competência cultural. Paí- ses com APS forte, ordenadora e coordenadora da atenção, apresentam melhores indicadores de saúde com menores investi mentos em relação a países com APS fraca. No Brasil, estudos mostraram efeitos importantes da APS, especialmente da Estratégia Saúde da Família (ESF), na melhoria da saúde da população. Entretanto, a heterogeneidade na qualidade da atenção ainda é uma marca da ESF, assim como os desafi os de se ampliar sua capacidade de resposta frente a novos e velhos agravos que caracterizam a saúde no Brasil, especialmente as doenças crônicas.

 

 Boa Leitura!

Versões disponíveis


Versão PDF

 

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Comentários