APSREDES

PRÊMIO 2021 INTEGRALIDADE NO CUIDADO

O Prêmio APS Forte para o SUS foi criado em 2019 pela Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/ OMS no Brasil) e pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde, com os objetivos de valorizar, sistematizar e divulgar experiências que ampliam o acesso do cidadão ao Sistema Único de Saúde (SUS) e para homenagear os 25 anos da Estratégia Saúde da Família (ESF) no país, um programa que democratizou o acesso aos serviços e às ações de saúde em todo o território nacional.
A OPAS/OMS no Brasil entende que fortalecer a APS no país é a estratégia central para a sustentabilidade do SUS. As mais robustas evidências apontam que um sistema de saúde orientado pela APS é mais equânime e custo-efetivo. Desta forma, a Organização e o Ministério da Saúde, com os apoios institucionais e a participação do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e do Conselho  Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), lançaram a 1a edição do Prêmio APS Forte em 2019, cujo tema central foi o atributo Acesso à saúde por meio da APS.

Embora sejam muitos os avanços observados na última década, diversos estudos e iniciativas de avaliação da qualidade da atenção proporcionada pelas equipes de Saúde da Família no SUS apontam que o acesso é o atributo da APS que mais precisa ser fortalecido no país. Na ocasião, a iniciativa recebeu 1.294 inscrições, sendo que 135 foram recomendadas para premiação. As experiências de Jaraguá do Sul (Santa Catarina), Abaetetuba (Pará) e da comunidade do Salgueiro (Rio de Janeiro) foram as vencedoras daquela edição. Em 2020, em meio à pandemia de Covid-19, a OPAS/OMS no Brasil e o Ministério da Saúde lançaram a 2a edição da iniciativa para identificar e reconhecer publicamente os esforços e o trabalho de excelência dos profissionais da APS
no atendimento dos usuários com a nova doença. A APS demonstrou mais uma vez a capilaridade e a importância do SUS para todos os brasileiros. Foram 1.471 experiências inscritas, e 19 práticas foram selecionadas como de excelência e reconhecidas publicamente em evento virtual. Para abranger as atividades desenvolvidas pela APS durante a pandemia de Covid-19, o prêmio foi organizado em cinco áreas temáticas: gestão e organização dos serviços de APS para o cuidado e resposta à Covid-19; continuidade dos serviços essenciais da APS; prevenção e utilização de ferramentas de comunicação na APS; vigilância em saúde e monitoramento dos usuários; e ações voltadas para proteção de grupos
em situação de vulnerabilidade.

 

 

Boa Leitura!
Versões disponíveis


Versão PDF

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Publicações recentes

Biblioteca Digital