APSREDES

Rede colaborativa sobre Equidade em Saúde na América Latina usará estratégia dos Laboratórios de Inovação, desenvolvida pela OPAS

image1

Gestores da Saúde de 11 países e do Brasil que participaram do Encontro Latino-Americano de Promoção de Políticas de Equidade em Saúde trabalharão em rede para aprofundar a cooperação técnica sobre o tema, utilizando a estratégia do Laboratório de Inovação em Saúde. Outro resultado da reunião foi o encaminhamento para o Parlamento Latino-Americano – Parlatino no Brasil, por meio de documento entregue para a deputada federal Conceição Sampaio, de pautas prioritárias  para serem discutidas em outros parlamentos da Região visando a promoção da saúde de população em situação de vulnerabilidade. O Encontro foi promovido pelo Departamento de Apoio à Gestão Participativa, da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde do Brasil, com a representação da OPAS no Brasil, que reuniu, durante dois dias (27 e 28), em Brasília, gestores da saúde da Argentina, Costa Rica, Chile, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Nicarágua, Paraguai, Panamá e Brasil.

A metodologia do Laboratório de Inovação foi apresentada pela consultora da OPAS, Alejandra Carrillo, que mostrou alguns resultados da iniciativa desenvolvida pela OPAS no Brasil (Veja o vídeo). `De fato, os Laboratórios de Inovação tem potencial para contribuir nas políticas de saúde ao escutar e capturar o que ocorre na ponta, nos municípios, onde as políticas se transformam em ações de saúde ´, apontou Carrillo. ´Com o Laboratório de Inovação teremos um panorama da dinâmica da agenda de Equidade em Saúde na América Latina´, ressaltou o consultor da OPAS Fernando Leles. (veja a apresentação)

´Qualificar o trabalho em rede para a efetivação da Equidade em Saúde nos países da América Latina, a partir de uma metodologia desenvolvida pela OPAS, permitirá fomentar o diálogo e a troca de conhecimentos de políticas voltadas para populações em situação de vulnerabilidades`, destacou Esdras Pereira, do diretor do Departamento de Apoio ‘a Gestão Participativa.

Deliberação Coletiva

Divididos em dois grupos, os participantes do Encontro discutiram possíveis temas que podem ser trabalhados como eixos do Laboratório de Inovação Regional em Equidade em Saúde, como a questão da sustentabilidade das políticas de Equidade em Saúde, comunicação em saúde, fortalecimento do diálogo entre os Poderes Legislativo e Executivos nos países, imigrações e suas consequências para os serviços de saúde, entre outros.

`Quando falamos de sustentabilidade, falamos em termos nos parlamentos o apoio para que essas políticas de Equidade em Saúde consigam perdurar nos governos. Eu destaco o quanto é importante para cada país nos reconhecermos e nos fortalecermos enquanto formuladores de políticas que enfrentem iniquidades em saúde`, defendeu Esdras Pereira.

Estratégia do Laboratório

Os Laboratórios de Inovação são espaços de produção de evidências e de gestão do conhecimento, a partir de práticas, processos, ferramentas, programas e políticas inovadoras na área da saúde. Desenvolvidos a partir de 2008, fazem parte do escopo de cooperação técnica entre a representação da OPAS no Brasil e Ministério da Saúde e outros parceiros.

Constituem-se em uma proposta metodológica para produzir, qualificar, sistematizar e divulgar as inovações em saúde. Hoje a iniciativa está com escopo ampliado para diversas áreas e temas que desafiam os sistemas de saúde, como Custos da Atenção Domiciliar, Segurança do Paciente e Atenção Integral a Saúde de Adolescente e Jovem, os dois últimos temas com inscrição de experiencias.

`Os Laboratórios de Inovação visam transformar o conhecimento tácito em explícito, permitindo a troca de informações por meio da construção de redes de atores interessados na temática em comum`, explicou Alejandra Carrillo. Atualmente a iniciativa já sistematizou e divulgou 102 experiências inovadoras em saúde.

Os Laboratórios de Inovações contam como ferramentas de divulgação o Portal da Inovação na Gestão do SUS (apsredes.org) e suas respectivas redes sociais, Facebook, Youtube, Twiter, Linkedin. Cada temática de  Laboratório de Inovação ganha, logo que instalada, um página web dentro do Portal da Inovação para divulgar e registrar as atividades realizadas pelo Grupo de Trabalho do Laboratório. Outro instrumento de comunicação é a Série Técnica NavegadorSUS e Inovação da Gestão que

Acesse as apresentações:

Dia 27/03

Painel – Determinantes Sociais, Equidade e Sistemas Nacionais de Saúde

Paulo Buss, Sanitarista

Ministério da Saúde

Experiências dos Países

Argentina

Brasil

Costa Rica

Chile

Cuba

Equador

El Salvador

Guatemala

Nicarágua

Paraguai

Panamá

Saiba mais sobre a iniciativa em apsredes.org

Leia matéria sobre o primeiro dia do Encontro – A responsabilidade do Estado na Promoção da Equidade em Saúde marca o Encontro Latino-Americano de Políticas de Promoção de Equidade em Saúde

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram