APSREDES

Prorrogada a inscrição de experiência no Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde

capa-cns-port

As inscrições para o Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde foram prorrogadas até o dia 23 de janeiro de 2023. O cadastro do relato de experiência deve ser realizado por meio do formulário eletrônico disponível no Portal da Inovação na Gestão do SUS (https://apsredes.org/lis-cns/) nos idiomas português e espanhol. Após ajustes no sistema de inscrição, a comissão organizadora decidiu pela prorrogação do prazo.

Podem participar entidades e movimentos sociais que integram o Conselho Nacional de Saúde, além de organizações públicas e estatais, instituições de ensino, religiosas e grupos de populações específicas, entre outros atores sociais. A inscrição é gratuita e cada autor pode inscrever uma experiência por eixo temático: Participação e Controle Social nas Políticas Públicas de Saúde e Participação e Compromisso Comunitário nas Práticas de Saúde. Para participar é necessário que a experiência já esteja em funcionamento.

“Aproveito para convidar todas as experiências do Brasil inteiro, da América Latina e do Caribe para que façam as inscrições. Vamos seguir complementando, a partir da realidade que a gente vivencia, aquilo que a gente precisa para melhorar a qualidade de vida das pessoas em nossos países. Então, façam as inscrições e vamos, cada vez mais, dar a nossa contribuição para a América Latina, para o Caribe e para o mundo”, convidou Fernando Pigatto, presidente do Conselho Nacional de Saúde.

Serão selecionadas vinte experiências inovadoras, sendo 10 para cada eixo temático. Os grupos e as instituições que tiverem seus relatos selecionados participarão de oficinas para o intercâmbio de experiências e vivências, serão reconhecidos publicamente pelos promotores da iniciativa e poderão compor uma publicação técnica, editada pela OPAS Brasil, intitulada NavegadorSUS, com as boas práticas sistematizadas.

Valdevir Both, diretor do Centro de Educação e Assessoramento Popular (CEAP), reforçou a importância do Laboratório de Inovação. “Nós queremos identificar experiências exitosas, ver como nós nos refazemos nas experiências de participação, de educação permanente em saúde, que nos ajudam a dizer que é possível, tem coisa nova por aí! Esse é um pouco o objetivo de como nós reconhecemos o que está sendo construído e o que se faz na sociedade”.

A metodologia do Laboratório de Inovação em Saúde (LIS) foi desenvolvida pelo escritório da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasil para ser aplicada nas cooperações técnicas realizadas com o Conselho Nacional de Saúde (CNS) e entre outros atores do sistema de saúde. O objetivo é contribuir para a identificação, sistematização, visibilidade e reconhecimento de experiências bem-sucedidas e inovadoras de participação e compromisso social nas políticas e práticas públicas de saúde, voltadas para a melhoria das condições e serviços de saúde. As edições anteriores de LIS estão disponíveis no Portal da Inovação na Gestão do SUS (https://apsredes.org/edicoes-participacao-social/) sendo esta a 5ª edição da iniciativa.

Confira o edital e o formulário de inscrição em: https://apsredes.org/lis-cns/

Galeria de Vídeos
Galeria de Vídeos
1/3 videos
1
Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde
Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde
01:06
2
Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde
Laboratório de Inovação Latino-Americano de Práticas de Participação Social em Saúde
03:28
3
PASSO A PASSO INSCRIÇÕES
PASSO A PASSO INSCRIÇÕES
28

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe