APSREDES

OPAS/OMS Brasil e Ministério da Saúde celebram 16 anos da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde – PNPICS

image_50408961 (1)

Ao celebrar os 16 anos da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PNPICS) no Sistema Único de Saúde (SUS), a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS)/ Organização Mundial da Saúde (OMS) no Brasil e o Ministério da Saúde apresentam os resultados do Laboratório de Inovação em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (LIS-PICS) em seminário realizado nesta terça-feira, 3 de maio, em Brasília.

Com a participação de integrantes de seis experiências provenientes dos estados de São Paulo, Ceará, Mato Grosso do Sul e do Distrito Federal, o Laboratório de Inovação sistematizou a materialização da política no território e o benefício à saúde dos usuários.

Na abertura do encontro, o Secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Câmara, ressaltou a importância das PICS para a ampliação do acesso no SUS. “Comemoramos 16 anos das PICS no sistema de saúde. Acho importante aprofundarmos os estudos em relação às evidências científicas, pois essa é a crítica principal. Por outro lado, a gente sabe que as PICS provocam alto bem-estar aos pacientes e o valor que os usuários do SUS dão às práticas integrativas. Vamos avançar nesta política”, disse o secretário Câmara que participou de forma online, do Maranhão.

“As PICS têm sido fundamental para a saúde das pessoas. Hoje comemoramos 16 anos de PICS no SUS e 8 anos das PICS na Saúde do Distrito Federal. Somos exemplo e transferimos conhecimento nessa área. Todos os nossos equipamentos de atenção à saúde, primária, secundária e terciária, utilizam as PICS e também os nossos servidores. As PICS também estão auxiliando a saúde dos professores do DF. Reafirmo aqui o nosso compromisso de apoiar e expandir as PICS”, afirmou o secretário de saúde do Distrito Federal, general Manoel Pafiadache.

“As PICS no Brasil são referências para a América e para o mundo. A introdução das PICS no SUS foi uma vitória dos movimentos sociais. O Laboratório de Inovação permitirá divulgar as PICS a nível nacional e subnacional por meio do compartilhamento de experiências exitosas de cuidado e implementação delas nos territórios”, ressaltou o coordenador da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços de Saúde da Opas Brasília, Roberto Tapia Hidalgo, por videoconferência.

Claudia Ferreira, representante do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) ressaltou a importância dos enfermeiros para a expansão das PICS. “Estamos no mês da Enfermagem. A nossa profissão é cuidar. Com as PICS a gente consegue ampliar o cuidado coletivo, o autocuidado, utilizando as 29 práticas integrativas, que nos colocam no nível máximo de cuidado”, apontou Ferreira. Também participou da cerimônia de abertura, o representante da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Daniel Nunes.

A diretora do Departamento de Atenção à Saúde, Renata Costa, ressaltou os desafios para a incorporação das PICS na formação dos profissionais de saúde por meio da estruturação de matrizes pedagógicas e curriculares. “A gente está avançando e aqui temos um retrato do quanto caminhamos e do quanto temos que avançar”. A coordenadora da PNPICS, Christiane Matos, ressaltou a necessidade da implantação dos indicadores para a PNPICS. “Em 2016, construímos a PNPICS, quando tínhamos cinco práticas. Hoje, trabalhamos em conjunto com a câmara gestora em PICS, com caráter multiprofissional, onde elegemos como recomendação principal a educação permanente em PICS no SUS. É um avanço e compromisso da nossa equipe da gestão federal”.

Seis experiências inovadoras

As PICS vêm se demonstrando como estratégias de cuidados inovadoras, baseadas em conhecimentos ancestrais, e que há mais de uma década vem ganhando protagonismo nos serviços de saúde, em todos os níveis de atenção, da primária à média e alta complexidade. Ao ganhar terreno no meio acadêmico, cada vez mais estudos com metodologias cada vez mais aprimoradas, vem revelando dados sugestivos de fortes evidências não apenas dos efeitos decorrentes da utilização das PICS, como também de sua segurança e alto poder de resolutividade de várias questões que desafiam o sistema de saúde e seus trabalhadores.

Confira como foi o seminário do LIS –PICS https://www.youtube.com/watch?v=17rQCsScyNQ

Saiba mais sobre as experiências participantes do LIS:

Farmácia da Natureza (Farmácia Viva), realizada na cidade de Jardinópolis (SP) , capacita profissionais de saúde visando estimular o uso racional de plantas medicinais e fitoterápicos com qualidade, segurança e eficácia no SUS.

O Programa de Práticas Integrativas em Saúde do Instituto de Psiquiatria, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo , oferece vários tratamentos terapêuticos para pacientes do Centro de Reabilitação e Hospital Dia Adulto.

O Programa de Práticas Integrativas do Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo, com 22 anos de existência, é referência na oferta de cuidados em saúde por meio da medicina tradicional chinesa.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal  participa do Laboratório de Inovação com a experiência da Política Distrital de Práticas Integrativas em Saúde, que celebra sete anos da implementação da PICS nos serviços de saúde da capital federal.

– O projeto 4 Varas une conhecimento científico com o popular em Fortaleza para cuidar da saúde dos usuários do SUS.

– A implementação da Terapia de Florais na Estratégia de Saúde da Família/SUS em Mato Grosso do Sul  participa do Laboratório de Inovação para mostrar os benefícios dos florais para a melhoria da saúde.

Vídeos e publicação NavegadorSUS

Como produtos da atividades do LIS PICS foram lançados no seminário os vídeos documentários de cada experiência e também a publicação NavegadorSUS, editada pela OPAS e Ministério da Saúde.

Acesse a publicação

Galeria de Vídeos

Galeria de Vídeos
1/10 videos
1
Política Distrital de Práticas Integrativas em Saúde
Política Distrital de Práticas Integrativas em Saúde
10:33
2
Implementação da Terapia de Florais na Estratégia de Saúde da Família/SUS em Mato Grosso do Sul
Implementação da Terapia de Florais na Estratégia de Saúde da Família/SUS em Mato Grosso do Sul
08:47
3
Farmácia Viva: a experiência da Farmácia da Natureza com a Fitoterapia e o SUS
Farmácia Viva: a experiência da Farmácia da Natureza com a Fitoterapia e o SUS
09:38
4
Programa de Práticas Integrativas no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo/SP
Programa de Práticas Integrativas no Hospital do Servidor Público Municipal de São Paulo/SP
07:08
5
Experiência do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina – USPPICS IPQ USP
Experiência do Instituto de Psiquiatria da Faculdade de Medicina – USPPICS IPQ USP
11:27
6
Terapia Comunitária Integrativa e o Projeto 4 Varas: comunidade que cuida
Terapia Comunitária Integrativa e o Projeto 4 Varas: comunidade que cuida
13:45
7
PICS SEIS INICIATIVAS
PICS SEIS INICIATIVAS
04:01
8
PICS EQUIPE JULIO
PICS EQUIPE JULIO
01:05
9
PICS EQUIPE ISABELLE
PICS EQUIPE ISABELLE
48
10
PICS EQUIPE GABRIELA
PICS EQUIPE GABRIELA
29

Galeria de Imagens

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram