APSREDES

Comunicação e Educação em Saúde para o controle social da pandemia de Covid-19 em Barreiras/BA

01-11

Em novembro de 2020, o Conselho Municipal de Saúde de Barreiras/BA criou, em parceria com a Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), o Instagram @cmsbarreiras para levar informação em saúde à população e aumentar a participação social durante a pandemia de Covid-19. A página do Instagram divulga informações produzidas pelos alunos de medicina e de publicidade e propaganda da UFOB, junto com os conselheiros municipais de saúde.

As notícias veiculadas abordam o papel e constituição de um Conselho de Saúde, funções dos conselheiros, reuniões e pautas, divulgação de vídeos desenvolvidos por profissionais da saúde, informes voltados à educação em saúde, como as campanhas mensais (Março Azul Marinho, Abril Verde) e datas de conscientização (Dia Nacional do Combate ao Câncer, Dia Mundial da Luta contra a AIDS). Com foco na pandemia, são veiculados posts sobre gastos e recebimentos monetários municipais para o enfrentamento da Covid-19, a importância do uso de máscaras e demais métodos de prevenção, seguimento da vacinação no município e, também, para saber as dúvidas da população, são feitas enquetes via stories, todas as sextas-feiras, para que os usuários façam as suas perguntas sobre saúde no geral (Covid-19, uso de máscara, vacinação, etc).

“Os posts sobre os gastos de saúde, por exemplo, são muito compartilhados, o alcance vai até outros municípios e cidades da Bahia, extrapolando o município de Barreiras e servindo de exemplo/modelo para outros municípios e conselhos vizinhos”, pontuou Lucas Mageski, aluno de medicina da UFOB e voluntário do projeto.

Com o intuito de promover a educação em saúde pautada no controle social no contexto da

pandemia de Covid-19 para a sociedade civil do município de Barreiras/BA, o aluno explicou: “Para solucionar as demandas de como falar da Covid-19, como informar a população, como combater as fake news, fizemos força tarefa com reuniões quinzenais com os envolvidos do projeto para planejamento do que postar no Instagram, realizamos calendário mensal de postagens e as funções foram divididas: os alunos de medicina levantam as informações para os posts, com material bibliográfico, tanto sobre a pandemia como outros temas de saúde, e os alunos de publicidade e propaganda desenvolvem os textos e as artes. Os conselheiros de saúde também ajudam nas pautas e informações coletadas. Trabalhamos em conjunto desde o início da ideia até a publicação final”.

Também foram promovidas lives no Youtube com a finalidade de transmitir, ao vivo, as reuniões do Conselho Municipal de Saúde, além do armazenamento do conteúdo audiovisual na plataforma, garantindo o posterior acesso da população.

Sobre os resultados do projeto, Lucas Mageski considera: “A configuração online e moderna, com publicações claras, designs diferentes a cada post e caixinhas de perguntas semanais para interagir com a sociedade não representa, ainda, a realidade dos municípios da macrorregião Oeste da Bahia em que a publicização das Políticas de Educação Permanente para o Controle Social no SUS é escassa. Desse modo, o nosso projeto é inovador no sentido de trazer as informações em saúde à população assegurando seu direito de ter acesso à saúde e estimulando sua participação no SUS, além de poder servir como molde para futuros projetos que envolvam a temática nos demais municípios da Federação. Como estudantes, a experiência obtida pelo desenvolvimento do projeto transpassa os limites acadêmicos, na medida em que é possível pôr em prática conteúdos lecionados nas aulas teóricas das disciplinas de Saúde Pública”.

 

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram