APSREDES

Secretário da SAS fala sobre as prioridades para 2013 no cuidado das doenças crônicas

O Secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Miranda Magalhães, fala ao Portal da Inovação em Saúde sobre as doenças crônicas, responsáveis por mais de 1,1 milhão de óbitos por ano, e as medidas para o enfrentamento dessa epidemia pelo sistema de saúde. Para ele, a aprovação da portaria-mãe da Rede de Cuidado das Pessoas com Doenças Crônicas e da Linha de Cuidado da Obesidade marcam uma série de medidas que visam organizar o cuidado do usuário crônico no SUS, tendo a atenção básica como ordenadora do manejo.  “Só a Atenção Básica pode acompanhar o usuário com doença crônica ao longo de sua vida. Para termos uma Atenção Básica como centro do sistema de saúde, precisamos superar dois desafios: firmar politicamente e economicamente a Atenção Básica e fixar os profissionais médicos no SUS”, ressaltou.

Helvécio Magalhães destaca para 2013 o compromisso de pactuar com Estados e Municípios a rede de cuidado das doenças renocardiovasculares, que tem como fator de risco a hipertensão e a diabetes. Sobre a nova política nacional de prevenção e controle do câncer, aprovada na última reunião da Tripartite, em dezembro, o secretário explicou os próximos passos. “Nós vamos agora detalhar o papel de cada ponto da rede do câncer, apostamos na qualificação da Atenção Básica, queremos desenvolver um ponto importante que é o da confirmação do câncer por diagnóstico para identificarmos o quanto antes a doença e investir mais em cirurgias oncológicas”, disse.

Assista ao vídeo da entrevista concedida à jornalista Vanessa Borges, do Portal da Inovação

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram