APSREDES

Resultados dos Laboratórios de Inovação em Participação Social em Saúde

As duas edições do Laboratório de Inovação sobre Participação e Controle Social na Elaboração e Monitoramento das Políticas, Ações e Serviços de Saúde realizadas, em 2011 e 2012, pelo Conselho Nacional de Saúde e Opas, apontam que é necessário melhorar a forma de inclusão da comunidade de usuários nas decisões relativas a implementação de políticas públicas. “As discussões versaram muito sobre a possibilidade de inclusão de novos atores nas discussões das políticas de saúde, com novos instrumentos de participação, novas modalidades, aproveitando as tecnologias digitais. Não seria mais o formalismo dos conselhos já instituídos, e sim a participação de grupos de interessados no tema” explica o consultor membro da equipe técnica dos laboratórios, Flávio Goulart.
Outra necessidade apontada por representantes de conselhos e da sociedade civil que participaram dos Laboratórios de Inovação foi a de desenvolver estratégias e instrumentos para formular e avaliar as políticas públicas. “Hoje o controle social é praticado em decisões já tomadas, aquilo que já aconteceu, tem uma visão prospectiva ainda incipiente. Então há necessidade da participação também na formulação e avaliação das políticas”, detalha Goulart.
Também foi unanimidade entre os participantes a realização da terceira edição do Laboratório de Inovação, ainda em 2013, e a inserção das experiências apresentadas nas edições anteriores na I Mostra Anual de Experiências Inovadoras em Participação Social, uma iniciativa da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa, do Ministério da Saúde.

 

Acesse o documento síntese dos trabalhos dos Laboratórios de Inovação em Participação Social em Saúde

Por Vanessa Borges, do Portal da Inovação em Saúde

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram