APSREDES

Rede Colaborativa em Atenção Primária em Saúde: Aproximação entre o conhecimento e ação

 

Rede Colaborativa em Atenção Primária à Saúde (Rede APS) destina-se a reforçar os sistemas de saúde na Região das Américas por meio da incorporação dos princípios, valores e elementos da estratégia de APS. O objetivo principal é trazer o conhecimento para a ação e ação para o conhecimento usando a tecnologia da informação e comunicação, a fim de contribuir para a transformação dos sistemas de saúde baseados na APS na Região das Américas.

A rede colaborativa em APS é uma iniciativa da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS/OMS) com o apoio do Ministério da Saúde do Brasil, da Escola Andaluza de Saúde Pública (EASP), e outros parceiros.
Os objetivos da Rede Colaborativa são:

•    Validar técnica, social e politicamente a estratégia de APS como a pedra angular para o desenvolvimento dos sistemas de saúde.
•    Usar a estratégia de APS como foco da cooperação técnica da OPAS/OMS, na Oficina Sanitária Pan-Americana (Secretaria da OPAS/OMS) e nos países
•    Incentivar a aprendizagem através da divulgação dos processos e ferramentas de trabalho eficazes (boas práticas) relacionados com os temas priorizados pela Rede
•    Construir pontes entre os diferentes atores interessados a compartilhar conhecimentos e experiências
•    Apoiar a formação continuada e o desenvolvimento de competências dos recursos humanos

Um dos principais elementos da Rede APS é a possibilidade de fazer parte de comunidades de prática. Comunidade de Prática é uma ferramenta que promove a aprendizagem coletiva por meio da interação de diferentes atores em diferentes níveis e permite identificar e documentar experiências e mapeamento do conhecimento em APS, o intercâmbio de informação, participação em grupos de discussão e consulta com os membros da comunidade e identificação de lacunas para promover a pesquisa.

Esta Rede Colaborativa é parte do contexto da estratégia de comunicação e-Saúde, aprovada pelo 51º Conselho Diretor da OPAS/OMS.  O objetivo da Estratégia é apoiar o uso custo-eficaz e seguro das tecnologias de informação e as comunicações em saúde e/ou âmbitos relacionados com ela, com inclusão dos serviços de atenção à saúde, de vigilância e de documentação de saúde, assim como a educação, conhecimento e pesquisa em saúde.

Acesse o site da REDE

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram