APSREDES

Programação dos Laboratórios de Inovação na IV Mostra Saúde da Família

Os Laboratórios de Inovação participam da IV Mostra Nacional de Experiências em Atenção Básica/Saúde da Família, que acontece em Brasília, de 12 a 15 de março, Centro Internacional de Convenções do Brasil, onde são esperadas 10 mil pessoas. Desenvolvidos pelo Ministério da Saúde, Conass, Conselho Nacional de Saúde (CNS) e Opas Brasil, os Laboratórios de Inovação buscam identificar, sistematizar e divulgar experiências significativas em saúde, resgatando e analisando os processos, as práticas, as ferramentas e os instrumentos desenvolvidos localmente e que vêm apresentando resultados positivos na saúde da população.

Serão apresentadas experiências inovadoras de seis Laboratórios de Inovação que tratam sobre Atenção Domiciliar, Manejo da Obesidade, Manejo de Crônicas em Santo Antônio do Monte/MG, Boas Práticas na Atenção de Adolescentes e Jovens, Participação Social e Governança e Regionalização; Ouvidoria e Gestão Participativa. Haverá, inclusive, lançamento do edital de seleção para o Laboratório de Inovação em Participação Social entre as atividades.

Os Laboratórios de Inovação partem do pressuposto de que muitas inovações são desenvolvidas no SUS, porém essas inovações carecem de sistematização, divulgação e até troca de conhecimentos com outros atores e até países. Dessa forma, torna-se um instrumento de troca de conhecimento entre os gestores, trabalhadores da saúde e outros atores que permite dar visibilidade a experiências brasileiras que vêm produzindo impacto positivo na saúde da população. A estratégia começou no Brasil em 2008 e está sendo utilizada pelo escritório central da Opas em Washington em dois Laboratórios Regionais nas Américas.

Não há prêmio em dinheiro para as experiências selecionadas. Há o compromisso das instituições em divulgar o conhecimento, a prática inovadora que possibilitou melhorar a qualidade da atenção à saúde prestada, possibilitando a reprodução entre os pares.

Quanto à metodologia de trabalho, resumidamente, o Laboratório de Inovação se realiza em três etapas. A primeira é a fase preparatória, em que é selecionado o tema do Laboratório, composto um Grupo de Trabalho e realizado o chamamento público via Edital. A segunda é a fase operacional, onde são selecionadas as experiências a partir das inscrições feitas por meio de um Edital de Convocação. São realizadas in loco visitas técnicas para o aprofundamento da tecnologia utilizada. A terceira é a de divulgação dos resultados por meio de seminário, publicação técnica e em sites de entidades parceiras.

Confira a participação dos Laboratórios de Inovação

Dia 13/03/2014

– Das 9h às 12h

Laboratório de Inovação sobre Boas Práticas na Atenção de Adolescentes e Jovens  – apresentará os resultados do edital de 2013 sobre experiências exitosas realizadas na Atenção Básica. Durante a oficina, será demonstrada uma iniciativa de protagonismo juvenil a partir de um projeto considerado replicável na atenção básica (RAP da saúde).

Laboratório de Inovações no Manejo das Condições Crônicas no município de Santo Antônio do Monte, Minas Gerais – desenvolvido em parceria com o Conass, apresentará os resultados preliminaries do trabalho que tem foco nas doenças hipertensão e diabetes e nas  gestantes e crianças até um ano de idade. Além disso, desenvolve um modelo de atenção que  integra as áreas de vigilância e atenção básica no município. O coordenador do Laboratório é o sanitarista Eugênio Vilaça.

 

Dia 14/03/2014

– Das 9h às 12h

Laboratório de Inovações em Participação Social – desde 2011, revisa e analisa diversas experiências de participação e inclusão de cidadãos em políticas de saúde, por meio da parceria entre a OPAS Brasil e Conselho Nacional de Saúde (CNS). NA oficina, está previsto o Lançamento do Edital do III Laboratório de Inovação em Participação Social / 2014, com tema “Experiências exitosas nos processos de elaboração e seguimento das Conferências de Saúde”; apresentação e debate da análise das contribuições dos Laboratórios de Inovação em Participação Social de 2011 e 2012; e lançamento de livro.

– Das 14h às 17h

Laboratório de Inovações em Governança e Regionalização; Ouvidoria e Gestão Participativa – tem foco na  troca de experiências entre acadêmicos e gestores de sistemas e serviços de saúde do Brasil e do exterior. A proposta de incentivo à cooperação internacional se dá em processos de diálogos e pesquisas colaborativas no Brasil, no Canadá, na França, na Itália, na Alemanha, em Portugal e nos demais países de língua portuguesa. Em especial, são estimuladas a aproximação entre as instâncias equivalentes de Ouvidoria, Governança da Saúde e Promoção da Equidade e da Gestão Participativa em Saúde, bem como dos acadêmicos de referência dedicados às áreas, para compartilhar boas experiências em saúde e promover o aprimoramento dos sistemas nacionais de saúde.

 

Dia 15/03/2014

– Das 9h às 12h

Laboratório de Inovação no Manejo da Obesidade – apresentará o trabalho de oito experiências desenvolvidas na atenção básica.  Foram convidadas para a Mostra as práticas inovadoras desenvolvidas nos municípios de Sorriso (MT), Braga (RS), Curitiba (PR), Taió, Florianópolis e Pomerode (SC).

– Das 14h às 17h

Laboratório de Inovação em Atenção Domiciliar

Apresentará três das experiências selecionadas pelo laboratório. A equipe do município de São Bernardo do Campo apresentará o Sistema de Classificação de Pacientes desenvolvido pela equipe de AD, que orienta o trabalho de assistência prestado pelo serviço. Já os profissionais do Rio de Janeiro vão mostrar como se deu a inclusão da atenção domiciliar no sistema de regulação do município e como funciona esta prática no dia a dia do serviço. Por último, uma experiência de atenção domiciliar em saúde mental, desenvolvida em parceria entre o curso de Psicologia da Universidade Federal da Bahia e a Secretaria Municipal de Saúde, junto a um dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do município.

 

Fique de Olho:

 

DIA 13/03 (quinta)

DIA 14/03 (sexta)

DIA 15/03 (sábado)

09-12h Saúde do Adolescente – uma experiência replicável na Atenção Básica Participação Social – lançamento de edital Obesidade – 8 experiências desenvolvidas na Atenção Básica
14-17h Manejo de Crônicas em Sto Antônio do Monte – MG Governança e Regionalização; Ouvidoria e Gestão Participativa Atenção Domiciliar – 3 experiências desenvolvidas na AB

 

Por Vanessa Borges, para o Portal da Inovação (www.inovacaoemsaude.org)

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram