Prêmio APS Forte para o SUS: Acesso Universal

 

Em Abril, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) no Brasil e a Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS) do Ministério da Saúde lançaram o Prêmio APS Forte para o SUS: Acesso Universal. O objetivo é valorizar, sistematizar e divulgar experiências que ampliam o acesso do cidadão ao Sistema Único de Saúde (SUS), por meio da Atenção Primária à Saúde, e também homenagear os 25 anos da Estratégia Saúde da Família (ESF) no país, um programa que democratizou o acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) no território nacional.

A OPAS/OMS entende que fortalecer a APS no país é a estratégica central para a sustentabilidade do SUS. As mais robustas evidências apontam que um sistema de saúde orientado pela APS é mais equânime e custo-efetivo. Desta forma, a Organização e o Ministério da Saúde lançaram a iniciativa para identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas municipais, estaduais e/ou regionais que tenham como foco a melhoria da APS.

O Prêmio recebeu 1.294 inscrições, sendo que 135 foram recomendadas para premiação, 811 foram aprovadas e apenas 348 foram excluídas por não atenderam aos critérios de participação.

O mapa abaixo apresenta as 135 experiências recomendadas para o Prêmio, que pode ser navegado por Estado. Em setembro serão conhecidas as 10 finalistas que irão para escolha do jurados especiais, que destacaram três premiadas.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Comentários