APSREDES

PET-Saúde 2022: inscrições de projetos até o dia 22 de fevereiro

capa-13

Para promover a integração entre ensino, serviço e comunidade, o Ministério da Saúde lançou a 10ª edição do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde). Com o tema “Gestão em Saúde e a Assistência à Saúde e suas interfaces”, o edital da iniciativa vai ofertar bolsas para docentes de universidades, profissionais de saúde e estudantes de graduação na área.

O objetivo da ação, realizada por meio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), é estimular práticas de ensino-aprendizagem de acordo com as necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). O investimento estimado para esta edição chegará a R$ 49,7 milhões, com vigência de 12 meses.

A expectativa é que mais de 120 projetos sejam selecionados com a possibilidade de participação de até 7,5 mil bolsistas – maior previsão de contemplados desde o início do programa, em 2008. Cada grupo de aprendizagem tutorial deverá ser composto por 12 participantes, que receberão bolsas mensalmente, enquanto desenvolverem as atividades no período proposto. O programa também prevê a participação de voluntários.

Com nove edições lançadas, o PET-Saúde já contemplou aproximadamente 900 projetos em todo o país. Podem apresentar projetos para o programa Secretarias municipais, estaduais e distrital, em conjunto com instituições de ensino superior públicas ou privadas sem fins lucrativos que ofereçam cursos de graduação na área da saúde reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

Cronograma

Com a publicação do edital no Diário Oficial da União, os interessados têm de 24 de janeiro a 22 de fevereiro de 2022 para inscrever os projetos. A seleção ocorrerá de 2 a 21 de março, e o resultado final está previsto para 1º de abril. O início das atividades está previsto para 2 de maio de 2022. O edital desta 10ª edição estará disponível para acesso neste link.

Serão contempladas iniciativas que promovam estratégias de formação em saúde e que sejam capazes de desenvolver práticas profissionais para atuação em equipe, com ênfase em ações de ensino-aprendizagem direcionadas para os atuais contextos, inclusive para a pandemia de Covid-19.

Fonte – com informações do Ministério da Saúde

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram