Nova plataforma do Portal da Inovação na Gestão do SUS

O Portal da Inovação na Gestão do SUS (apsredes.org) está com novo layout e navegação facilitada. As práticas inovadoras, que somam mais de 90 experiências, ganharam mais visibilidade. Provenientes de secretarias estaduais e municipais de saúde, do Distrito Federal, além de organizações não-governamentais e da sociedade civil, as experiências selecionadas contribuem para o aprimoramento da gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e possuem potencial para reprodutibilidade no setor. “Com a renovação do layout e da arquitetura da informação esperamos que o usuário do Portal tenha mais facilidade no acesso às informações e possa visualizar e compartilhar as inovações identificadas e sistematizadas pelos Laboratório de Inovação”, explica a consultora, Elisandréa Kemper, responsável pela gerência do Portal.

O visitante poderá navegar também pelos sites específicos de cada Laboratório de Inovação, que compõem o Portal da Inovação, e tratam sobre oito temas: manejo das condições crônicas nas redes de atenção à saúde; atenção domiciliar; gestão do trabalho; manejo da obesidade nas redes de atenção; inclusão do cidadão na elaboração de políticas públicas; participação social em saúde; atenção à saúde de adolescentes e jovens e inovações na saúde suplementar.

Também ficou mais fácil o acesso às publicações das séries NavegadorSUS e Inovação na Gestão, que somam 20 edições, onde são registrados os resultados de cada Laboratório e os diversos estudos de caso. O novo Portal organiza e divulga as produções audiovisuais armazenadas no canal do Youtube, onde estão reunidos cerca de 180 títulos, de produções próprias e de parceiros. As seções para literatura e notícias continuam a fazer parte do eixo editorial para oferecer ao leitor outras fontes de informação e conhecimento.

Experiências do Laboratórios

Os Laboratórios de Inovação são desenvolvidos, desde 2008, na Opas Brasil como estratégia de apoio a cooperação técnica no país, no sentido de identificar e compartilhar boas práticas e inovações no SUS e em outros países da Região das Américas, contribuindo para a gestão do conhecimento na área de sistemas e serviços de saúde e constituindo elementos para a elaboração e implementação de políticas e a tomada de decisão. São parceiros da iniciativa o Ministério da Saúde, o Conselho Nacional de Saúde, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e o Conselho Nacional de Secretarias Estaduais de Saúde (Conass).

Das 93 práticas inovadoras acompanhadas pelos Laboratórios de Inovação, 27 delas são provenientes da Região Sul, seguida pela Região Sudeste com 26 participações. O Nordeste participa com 17 experiências, o Centro-Oeste com 11 e o Norte, com 5. Há também o registro de práticas internacionais (oito), referentes ao tema Inclusão dos Cidadãos na Elaboração de Políticas Públicas.

De Vanessa Borges, para o Portal da Inovação

 

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest