APSREDES

Livro reunirá 11 experiências do Laboratório de Inovações sobre Atenção à Saúde de Adolescentes e Jovens

500-image16-e1480008760558

A publicação NavegadorSUS relativa à 2a edição do Laboratório de Inovações na Atenção à Saúde de Jovens e Adolescentes sistematizará 11 experiências participantes ao invés de oito, conforme anunciado em maio deste ano. A decisão foi tomada nesta quarta-feira (23/11) durante reunião entre a nova coordenadora da área no Ministério da Saúde, Luciana de Almeida Costa, a interlocutora da iniciativa na Opas, Alejandra Carrillo, as coordenadoras do Laboratório, Maria Ignez Saito e Maria Helena Ruzany, e a assessora técnica, Ana Sudária Serra.

Também foi discutido o novo formato da publicação que abordará as experiências de acordo com os quatro eixos previstos no edital: Proteger e Cuidar de Adolescente na Atenção Básica; Participação Juvenil; Integralidade das ações de saúde para adolescentes que estão no sistema socioeducativo; e Educação Permanente de profissionais de Saúde. “Queremos destacar no livro o enfoque do protagonismo juvenil como eixo transversal entre todas as experiências selecionadas”, explica a coordenadora do Laboratório de Inovações, Maria Ignez Saito.

“Decidimos ampliar o número de experiências contempladas na Série NavegadorSUS visto que não haverá a edição especial da Revista Adolescência & Saúde, editada pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, conforme anunciado anteriormente”, explica a coordenadora do Laboratório de Inovações, Maria Helena Ruzany. Desta forma, a publicação reunirá as seguintes experiências:

1 – Projeto Move MRJT (OS Santa Casa – Microrregião Jaçanã / Tremembé – SP)

2 – Juventude, comunicação e políticas de saúde: incidência e prevenção contra a violência e o abuso de drogas. (Cipó – comunicação interativa – Salvador)

3 – Projeto multiplicadores da vida (Prefeitura Municipal de Campo Bom / RS)

4 – Projetos de grupos terapêuticos, enfrentamento do tabagismo e implantação do Pansisari (Degase-RJ)

5 – Ambulatório de saúde do adolescente na atenção primária á saúde: inovação e tecnologia em espaços tradicionais de atenção à saúde (Universidade Federal de São João Del Rei – Divinópolis/MG)

6 – Projetos Revitalização da área onde encontra-se a associação de catadores e catadoras dos campos de cima da serra e Oficina de Graffiti (Secretaria Municipal de Saúde de Vacaria – RS)

7 – Projeto Acampadentro ( CAPS Infantil II Capela do Socorro – SP)

8 – Protagonismo juvenil: jovens multiplicadores (Fundo Municipal de Saúde de Xapuri – Acre)

9 – Educação permanente e gincana da saúde (Novo Hamburgo – RS)

10 – Humanização do cuidado; acolhimento em saúde mental e saúde do escolar na atenção primária (Paranoá – DF)

11 – Terapia corporal: prevenção em saúde mental e serviço de atenção a pais e de adolescentes (Brazlândia -DF)

 

 

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe