APSREDES

Laboratórios de Inovação marcam presença no XXXI Congresso do Conasems

Atenção à Saúde de Jovens e Adolescentes, Manejo das Condições Crônicas e Gestão do Trabalho em Saúde foram os Laboratórios de Inovação que participaram das atividades do XXXI Congresso Nacional do Conasems, realizado em Brasília, entre os dias 6 a 8 de agosto.

IMG_0053IMG_0061O painel Saúde do Adolescente: Dispositivos para a ampliação do cuidado, realizado na sexta-feira (7/8),destacou aexperiência selecionada pelo Laboratório de Inovação em Boas Práticas na Atenção à Saúde de Jovens e Adolescentes desenvolvida pelo município de Novo Hamburgo, por meio do projeto Jovens Multiplicadores do Programa Saúde na Escola (PSE). Os Jovens Multiplicadores, grupo de adolescentes vinculado à Secretaria de Saúde (SMS) de Novo Hamburgo, orientam de maneira socioeducativa alunos das redes municipal e estadual sobre sexualidade na adolescência.

O Laboratório de Inovação na Gestão do Trabalho em Saúde realizou um roda de conversa, também na sexta-feira (7/8), no estande da Opas Brasil, destacando duas experiências participantes: da Mesa de Negociação Permanente do SUS em Betim/MG e do Plano de Cargo e Carreira do SUS em Mato Grosso.

IMG_0042IMG_0037“O Laboratório de Inovação permitiu sistematizar a experiência da Mesa de Negociação Permanente da Secretaria Municipal de Saúde de Betim/MG, proporcionando a divulgação do conhecimento para outros municípios”, destacou Elizabete da Silva, da SMS de Betim. Entre as conquistas da Mesa de Negociação em Saúde de Betim, Elizabete da Silva destacou a proposta de realização de concurso público, regularização das carreiras de Agente Comunitário de Saúde e Agente de Controle de Endemias, implantação do sistema de biometria da SMS de Betim, entre outros. “A Mesa de Negociação é um ponto de apoio para os profissionais e usuários do SUS quando tendências conservadoras tentam se apropriar de uma conquista do povo de Betim”, ressaltou Weber Silva, servidor da SMS de Betim e sindicalista. “A gente levou três anos de negociação para a implantação do nosso Plano de Cargo e Carreiras. Todo este trabalho está documentado pelo Laboratório de Inovação”, relata Silvia Tomaz, da SES de Mato Grosso.

IMG_0050O diretor do Departamento de Gestão e da Regulação do Trabalho em Saúde da SGTES/MS, Ângelo D’Agostini, e o diretor do Departamento de Articulação Interfederativa/MS, Jorge Harada, aproveitaram o encontro para divulgar a edição temática do Painel de Indicadores do SUS sobre Gestão do Trabalho em Saúde. “Esta edição aborda de maneira realista a questão da força de trabalho em saúde, com dados e informações que podem ser muito úteis como referência para o aprofundamento dessa problemática”, ressaltou Harada. A assessora técnica da Opas Brasil, Cristiane Gosch, e a pesquisadora Zuleide Ramos do Observatório de Recursos Humanos da Universidade de Brasília apresentaram o site do Laboratório de Inovações ancorado na plataforma do Portal da Inovação na Gestão do SUS (apsredes.org).

IMG_0029Também na sexta-feira (7/8), foi realizada a roda de conversa que contou com a participação da experiência sistematizada pelo Laboratório de Inovação no Manejo das Condições Crônicas em Santo Antônio do Monte, Minas Gerais. Priscila Rabelo, coordenadora do Centro de Atenção Especializada de Santo Antônio do Monte, apresentou o modelo de atenção à condição crônica na atenção secundária, que ganhou atenção especial com as ações do Laboratório de Inovação, implantado em 2013, por meio da parceria entre Opas, Conass, SMS e SES, para o fortalecimento da atenção primária no município e implantação do cuidado continuo do usuário de condições crônicas. Na oportunidade, a secretária municipal de Saúde de Tauá/CE, Adamária Rosa, compartilhou a experiência do município com o processo de planificação da APS finalizado em maio, desenvolvido com apoio do Conass, para a organização dos processos e fluxos de trabalho entre os profissionais de saúde. “Hoje temos o envolvimento dos profissionais, com suas devidas competências uniformizadas, resultando em uma melhor atenção para o usuário do SUS”, explicou Rosa. A oficina foi organizada pelo assessor técnico da Opas Lenildo Moura.

Saiba mais –

Projeto Jovens Multiplicadores Novo Hamburgo:

vídeo do Canal Saúde (http://equipevoluntaria.org.br/portal/soumultiplicador-e-destaque-do-canal-saude/)

Edição especial da Revista do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente da UERJ (http://www.adolescenciaesaude.com/default.asp?ed=&sup=70)

Por Vanessa Borges, para o Portal da Inovação em Saúde

 

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram