APSREDES

Joaquín Molina fala ao Portal sobre as prioridades da sua gestão na representação brasileira da OPAS/OMS

O representante da Opas Brasil, Joaquín Molina, fala ao Portal da Inovação sobre as prioridades de sua gestão, da contribuição do Brasil para a melhoria da situação de saúde na Região das Américas e dos desafios dos sistemas de saúde com o avanço das doenças crônicas. Molina destaca ainda a ferramenta desenvolvida pela Opas Brasil, desde 2008, para facilitar o intercâmbio de experiências no setor saúde, os Laboratórios de Inovação. Ele afirma que a estratégia será ampliada em sua gestão e contribuirá para aprimorar o Sistema Único de Saúde.   “A Opas Brasil tem dois desafios: continuar colaborando com o Brasil para o aprimoramento do Sistema Único de Saúde e colaborar na identificação de experiências bem sucedidas, que no Brasil são inúmeras, para sistematizar e, na medida do possível, ajudar a implementá-las em outros países”, destacou Molina.

Assista aos vídeos sobre prioridades e metas

Molina apresentou a estratégia dos Laboratórios de Inovações na reunião de ministros da Saúde dos países que formam o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), em outubro, para que a ferramenta seja adotada  para facilitar o intercâmbio de conhecimento. “Não tenho dúvida de que a estratégia dos Laboratórios de Inovações poderá contribuir para que os países do Brics façam o intercambio de conhecimento entre as diferentes regiões”, afirmou.

Assista ao vídeo sobre os BRICS

Molina defendeu a ampliação do escopo dos trabalhos dos Laboratórios de Inovação, desenvolvidos pela área de Sistemas e Serviços de Saúde da Opas Brasil com diversos parceiros do setor saúde (Ministério da Saúde, Conass, Conasems, Conselho Nacional de Saúde, Agência Nacional de Saúde). “Primeira medida quando cheguei ao Brasil foi conhecer a metodologia dos Laboratórios de Inovação, e gostei muito do que foi apresentado. Outras áreas da Opas também vão trabalhar com essa metodologia, como por exemplo, Saúde da Família, Saúde do Adolescente, trânsito”, explica.

Assista ao vídeo sobre os Laboratórios de Inovação

Conheça  os portfolios dos Laboratórios de Inovação:

    Portifólio em português

    Portifólio em inglês

Sobre o principal desafio para os sistemas de saúde, Molina chama a atenção para a necessidade de mudança no modelo de atenção para atender as demandas das doenças crônicas e destaca ações intersetoriais do SUS para enfrentar o problema. “O Brasil está desenvolvendo ações de promoção da saúde por meio das Academias de Saúde. Tão importante como ter um médico no posto de saúde também é ter profissionais que promovam hábitos saudáveis, como a prática de esportes”, ressaltou.

Assista ao vídeo que fala sobre condições crônicas

Vanessa Borges
Para o Portal da Inovação em Saúde

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram