Inscrições abertas para o Prêmio APS Forte: Acesso Universal

A partir desta segunda-feira, 15 de abril, estão abertas as incrições para o “Prêmio APS Forte para o SUS: Acesso Universal”, promovido pela OPAS e Ministério da Saúde.

Até o dia 15 de junho, as equipes de Saúde da Família, coordenações de Atenção Básica regionais ou municipais, secretarias de saúde podem enviar, de forma gratuita, a descrição da experiência preenchendo o formulário online.

Cada proponente poderá submeter um trabalho por linha temática e participar de mais de uma categoria temática. Para cada trabalho deverá ser preenchida uma ficha de inscrição. São sete linhas temáticas:

1. Adequação das estruturas e processos dos serviços de saúde para ampliar o acesso, como: ampliação e flexibilização de horários de atendimento, flexibilização de agendas, acesso avançado.

2. Uso das Tecnologias da Informação e Comunicação, para ampliar o acesso, a exemplo de: formas inovadoras de comunicação entre a equipe e a comunidade, marcação não presencial de consultas, estratégias de telessaúde/telemedicina.

3. Estratégias inovadoras para ampliação da cobertura da Estratégia de Saúde da Família.

4. Estratégias inovadoras de acesso que culminaram em aumento da cobertura vacinal.

5. Novas formas de contratualização público-público ou público-privada da Estratégia de Saúde da Família que aumentaram o acesso da população.

6. Estratégias de provisão e fixação de profissionais e estruturas em áreas remotas e/ou de vulnerabilidade, com ampliação do acesso.

7. Iniciativas de ampliação do acesso da população às ações e/ou às atividades de promoção da saúde.

Na descrição da experiência, durante o preenchimento do formulário online, os participantes devem informar:

  • Título da experiência e em qual Linha Temática se encaixa.
  • Autores do relato. 
  • Contexto em que foi desenvolvida e qual problema que propôs resolver (justificativa).
  • Objetivos; Metodologia e atividades desenvolvidas. 
  • Resultados alcançados.
  • Considerações finais.

Todos os autores dos trabalhos recebidos, considerados coerentes com as linhas do Prêmio, serão mencionados em uma publicação da OPAS sobre o tema e os melhores trabalhos serão descritos.  Os autores (máximo de 3 pessoas) das três melhores experiências serão premiados com uma viagem de estudo para conhecer uma experiência  internacional de organização de rede de atenção à saúde centrada na Atenção Primária, a ser indicada pela OPAS/OMS.

O objetivo da OPAS e do Ministério da Saúde é identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas municipais, estaduais ou regionais que tenham como foco a melhoria da atenção primária à saúde (APS), principalmente o acesso.

Acesse o edital: https://apsredes.org/premio-aps-forte/

 

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest