APSREDES

Projeto Piloto Sense & Learn (SELEA) 21 Brasil – Sentir e Aprender, educação sobre alimentação saudável e sustentável nas Escolas Brasileiras

Autores do relato:

Giselle Medeiros Mesiara mesiara@hotmail.com 0000045911

Alessandra Da Silva Pereira aspnutri@gmail.com 0055219816

Contextualização

SELEA 21 é um programa de rede internacional para desenvolver futuras estratégias de aprendizagem baseadas em sustentabilidade, sistemas alimentares e mudança climática. Segue relato completo em anexo.

Justificativa

Necessidade de ampliar o conhecimento e conscientização de jovens estudantes brasileiros do ensino médio referente os tópicos abordados pelo SELEA21 Brasil; Alimentação, Sustentabilidade e Mudanças Climáticas.

Objetivo

O SELEA 21 Brasil visa alcançar as metas das Nações Unidas (ONU), Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), números 3 – Saúde e Bem-estar, 12 – Consumo e Produção Sustentável, 13-Combate à Mudança Climática, e 17-Parcerias Para o Desenvolvimento. Objetivo SELEA 21 Brasil referente ODS 3 Saúde e Bem Estar – Aumentar os Anos de Vida Ajustados pela Qualidade (QALY), e através da educação no ensino médio evitar o desenvolvimento de doenças crônicas como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e cancer nos jovens brasileiros ou no decorrer de suas vidas. Paralelamente a educação para saúde humana, educar também quanto a saúde planetária, uma vez que ambas estão conectadas. .

Metodologia

Para identificar as necessidades do público-alvo, foram aplicados métodos mistos. Os dados foram coletados utilizando tanto métodos quantitativos na forma de questionário , quanto métodos qualitativos na forma de encontros periódicos on-line (com alunos, professores, colaboradores e gestores do projeto), observação e interpretação

Atores envolvidos (institucionais e/ou coletivos)

No Brasil, o SELEA 21 conta com a colaboração da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO- Brasil), Instituto Verdescola, Colégio Pedro II Campus Tijuca 2, SESC Mesa Brasil, CEFET-RJ Campus Maracanã, organização Green Rio, FAO Brasil e pesquisadora independente. O programa é subsidiado pelo Programa de Rede Internacional (INP) e ancorado no Departamento de Geociências e Recursos Administração na Universidade de Copenhague.

Estratégias

Para alcançar estes objetivos, dois modelos teóricos que são referência na Dinamarca por serem utilizados em projetos de promoção da saúde e bem-estar “The Health Belief Model” e o “Social Ecological Model” foram utilizados como base para dar estrutura ao projeto SELEA 21 Brasil em combinação com ferramentas de gerenciamento de projetos e práticas de colaboração Interprofissional.

Resultados alcançados

Conclusão, os resultados mostram a necessidade de aumentar o conhecimento do público-alvo (estudantes brasileiros de 10 a 16 anos) e conscientização de forma teórica e participativa sobre sistemas alimentares dando ênfase nos seguintes tópicos; · Alimentação saudável e sustentável baseado na classificação NOVA e no Guia Alimentar para a População Brasileira · Como reduzir o desperdício de alimentos em casa e nas escolas · Como reciclar adequadamente os resíduos em casa e nas escolas · Educar detalhadamente sobre as causas das mudanças climáticas

Considerações finais

Recomendações: Com base na investigação deste projeto piloto, recomenda-se a realização de estudos futuros para criação de uma estrutura teórica sobre como apoiar os professores do ensino médio na educação com base no Guia Alimentar para População Brasileira, mudanças climáticas, mitigação de resíduos alimentares e reciclagem de resíduos. Além disso, é altamente recomendado que seja desenvolvido um novo estudo baseado nas experiências deste projeto piloto com um maior número de escolas participantes visando ter uma base de resultado confiável para apoiar a implementação dos tópicos abordados pelas atividades do SELEA 21 Brasil no curriculum escolar do ensino médio brasileiro.