APSREDES

Jornada do Alimento – https://www.youtube.com/watch?v=Fmub21-2Xts&t=10s

Autores do relato:

Luíza Costa Caldas luizacaldas@usp.br 11) 99838137

Contextualização

A Jornada do Alimento é uma plataforma que reúne informações e materiais sobre o sistema alimentar de São Paulo, mapeamentos de unidades produtivas, formas de articulação social, cursos e ferramentas de conectividade entre o campo e a cidade. Auxiliamos a busca de conhecimento e a articulação de ações em prol de uma alimentação sustentável.

Justificativa

Frente aos impactos dos sistemas alimentares industriais, os desafios intensificados pela COVID-19 e às ameaças à segurança alimentar, o papel do consumidor é reconhecido como fundamental. Exercendo demanda por alimentos sustentáveis e saudáveis, pensando em melhores políticas e se organizando para criar sistemas alternativos, estes atores impactam positivamente todos os outros elos da cadeia. Desta forma, e considerando as recomendações da FAO, o conteúdo do site e dos cursos oferecidos são pensados para ampliar a conscientização sobre os custos sociais e ambientais dos sistemas industriais e apresentar caminhos para a mudança.

Objetivo

Ampliar o conhecimento sobre os custos sociais e ambientais que os sistemas alimentares industriais estão causando no meio ambiente e apresentar projetos e ações que visam modificar essa realidade, buscando incentivar, divulgar e distribuir alimentos e conteúdo de qualidade para a população. Além disso, temos como objetivo formar potenciais agentes transformadores para as suas localidades, através da oferta de conteúdo teórico e prática nos laboratórios.

Metodologia

Atuamos em rede formando parcerias com especialistas, estudantes, professores e ativistas para a produção de conteúdos. Os conteúdos são disponibilizados no nosso canal do youtube e em nosso blog. Estamos lançando a primeira edição do curso completo sobre alimentação e sustentabilidade (Sementes da Quebrada) em que teremos os encontros síncronos para apresentar e discutir os temas. Nas atividades desenvolvidas em laboratório de prática, utilizaremos a metodologia Dragon Dreaming, que consiste em um passo a passo para tirar do papel sua ideia de forma colaborativa.

Atores envolvidos (institucionais e/ou coletivos)

Estudantes da graduação de diversos cursos, professores, estudantes da pós graduação da USP – EACH. Colaboradores de conteúdo: organizações sociais, agricultoras, empresas e movimentos (Slow Food, Pé de Feijão, Mulheres do GAU, Cooperapas, Instituto Feira Livre, Instituto Chão, entre outros).

Estratégias

Para alcançar a criação e estruturação do site, participamos de uma chamada para um laboratório de cooperação oferecido pela ONG SILO Arte e Latitude Rural. Para a manutenção do projeto e criação do Curso Sementes da Quebrada conseguimos desenvolver projetos de extensão com bolsas para estudantes da graduação e um edital para a criação de um curso livre da EACH – USP.


Resultados alcançados

Criação de plataforma com informações sobre o sistema alimentar na Região Metropolitana de São Paulo, Conteúdo no blog e formatação para ampliar os acessos ao site. https://www.youtube.com/watch?v=Fmub21-2Xts&t=10s
 Criação do Curso Sementes da Quebrada a ser iniciado em Setembro (já conseguimos organizar e pré-gravar 60% do conteúdo a ser oferecido de forma online e gratuita para uma turma de 30 participantes e deixar disponível no Youtube para ampliar esse acesso para além da turma).
 -> www.jornadadoalimento.org/cursos

Considerações finais

A plataforma da Jornada do Alimento iniciou-se no início da pandemia para reunir informações sobre as redes de doação de alimentos e foi se desenvolvendo para incluir informações sobre o consumo responsável e transformação dos sistemas alimentares. Conseguimos avançar nos estudos e ampliar a rede de colaboração e hoje estamos lançando a primeira edição do curso Sementes da Quebrada, no qual viemos trabalhando desde março de 2021, para estruturar, organizar e gravar o conteúdo. A primeira turma terá início em setembro até dezembro de 2021 e estamos muito confiantes de que aprenderemos muito nesse processo para termos futuras edições cada vez melhores.