APSREDES

Frutos da Terra

Autores do relato:

Andreia Ramos Oliveira frutosdaterra.bh@gmail.com (31) 98842-5371

Valquíria de Matos frutosdaterra.bh@gmail.com (31) 98659-9672

Contextualização

A Horta Frutos da Terra é uma unidade produtiva apoiada pela Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional de Belo Horizonte (SUSAN). A Horta iniciou suas atividades em 09/09/2020 com o objetivo de recuperar um espaço de convivência comunitária através da agricultura urbana. Além desse, a Horta ainda busca produzir para consumo próprio dos agricultores, para venda e para doação a parceiros institucionais. Não foram precisos indicadores para que os agricultores da Horta percebessem o aumento da vulnerabilidade alimentar e nutricional. Preocupados sobre como poderiam colaborar para amenizar essa situação, procuraram uma série de instituições de assistência social para efetuar doação de parte da produção. Foram poucas experiência de sucesso, devido à demanda errática e falta de estrutura dessas instituições para doar. A solução veio da Susan, que já dava suporte técnico e operacional à Horta. Assim, a Frutos passou a doar em agosto de 2021 parte de sua produção ao Banco de Alimentos, que coleta e distribui as hortaliças a parceiros conveniados.

Justificativa

A pandemia aumentou a insegurança alimentar e nutricional em Belo Horizonte. Ao mesmo tempo, a Horta Frutos da Terra quadruplicou sua produção, já prevendo destinar parte dela à doação a instituições para combater o problema. Assim, surgiu a oportunidade de juntar a estrutura e expertise da Prefeitura com a capacidade de produção e resposta a emergência da Horta.

Objetivo

Mitigar os efeitos da pandemia de Covid-19 na segurança alimentar e nutricional de pessoas vulneráveis em Belo Horizonte.

Metodologia

Através do controle e monitoramento da produção, orientados pela GEFAU, os agricultores da Horta Frutos da Terra predizem quanto estará disponível para doação em determinada semana ou quinzena. O Banco de Alimentos se encarrega, então, de recolher os produtos na data marcada e distribuir às instituições do terceiro setor conveniadas.

Atores envolvidos (institucionais e/ou coletivos)

Horta Frutos da Terra, Subsecretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.

Estratégias

Quanto mais simples, melhor. A única estratégia utilizada foi fazer com que dois setores do mesmo órgão conversassem: a Gerência de Fomento à Agricultura Familiar e Urbana, que assiste a Horta, e o Banco de Alimentos, que arrecada doações para instituições. Essa conexão criou um novo fluxo de distribuição e combate ao desperdício, através do qual a Horta pode entregar sua cota de doação e eventuais frutos de superprodução e em que o Banco arrecada alimentos frescos.

Resultados alcançados

Apenas em agosto de 2021, primeiro mês da parceria, a Frutos da Terra doou mais de 120 kg de hortaliças, que beneficiaram um total de 753 pessoas, atendidas por 16 instituições. Importante ressaltar que a Horta tem potencial para, no mínimo, triplicar a produção atual, conciliando doações, consumo próprio e venda.

Considerações finais

A destinação de hortaliças produzidas em uma unidade apoiada pela Susan ao Banco de Alimentos Municipal se trata de um projeto piloto na Prefeitura de Belo Horizonte. Produtos altamente perecíveis, as hortaliças recebidas como doação de parceiros privados, em geral, são entregues ao Banco no fim de seu período de validade. Dessa forma, a parceria entre a Horta Frutos da Terra e o Banco de Alimentos ajuda a regular o escoamento da produção da unidade produtiva ao mesmo tempo que possibilita a destinação de produtos frescos para as entidades conveniadas, assegurando o aumento da oferta de alimentos e consequente acesso à alimentação de qualidade para a população beneficiada. A inovação, no caso, não foi fazer algo novo, foi fazer diferente, criando uma ponte entre dois programas da Prefeitura de Belo Horizonte com décadas de existência.