APSREDES

Gestão do Trabalho no SUS premia experiências e apresenta site do Laboratório de Inovação

IMG-20140325-WA0004Profissionais de saúde da área de Gestão do Trabalho estão em Brasília participando do Encontro de Premiação do InovaSUS 2013. Na oportunidade, serão certificados 28 trabalhos da edição anterior,apresentadas as 15 iniciativas premiadas de 2013e lançado o site do Laboratório de Inovação da Gestão do Trabalho. O encontro encerra nesta quarta-feira (26/03), no hotel Manhantan.

Estão presentes representantes das secretarias de saúde de Manaus-AM, Campinas-SP, Mato Grosso, Natal-RN, Ibiapina-CE, Rio Grande do Norte, Tocantins, São José do Rio Preto-SP, Atalanta – SC, Distrito Federal, Vitória-ES, Betim-BH, Belo Horizonte, Piraí – RJ, Bahia, Itabirito-MG, Curitiba-PR, Florianópolis-SC, Angra dos Reis-RJ, Porto Alegre, Alagoas,Sobral –CE, Brazlândia – TO e São Paulo, além de consultores da Opas, colaboradores das universidades de Brasília e do Rio Grande do Norte e do departamento de Gestão e Regulação do Trabalho na Saúde no Ministério da Saúde (Degerts/MS).

Laboratório – O Laboratório de Inovação na Gestão do Trabalho acompanhará cinco experiências desenvolvidas pelas secretarias municipais de saúde de Curitiba-PR, Betim-BH, Vitória-ES, pela Secretaria Estadual de Mato Grosso e pela Fundação Estatal de Saúde da Família da Bahia, todas as iniciativas foram reconhecidas pelo InovaSUS. Com previsão de dois anos de atuação, o Laboratório de Inovação écoordenado pela DEGERTS, em parceria com a Opas Brasil e o Observatório de Recursos Humanos do Núcleo de Estudos de Saúde Pública da Universidade de Brasília (ObservaRH/Nesp/UnB).

“Esse Laboratório não pode trabalhar com todas as experiências do InovaSUS porque a função dele será de aprofundar o conhecimento das iniciativas escolhidas, vamos ver como foram construídos os processos de trabalho, ressaltar o que tem de inovação na experiência e apontar o que poderá ser compartilhado. Faremos visita in loco para contextualizar a inovação. Ao fim vamos ter uma publicação com detalhamento das experiências, que contará também com uma fundamentação teórica”, explicou Zuleide Ramos, coordenadora do ObservaRH/Nesp/UnB.

A missão dos Laboratórios de Inovação, uma ferramenta de cooperação técnica desenvolvida pela Opas com parceiros, foi apresentada pela consultora da Opas Brasil, Elisandréa Kemper. “O Laboratório parte do pressuposto de que a inovação pode ser uma prática, uma política, uma resposta para um problema real, que tenha sustentabilidade, traga impacto no local em que foi produzido. Atualmente são nove temáticas abordadas pela estratégia dos laboratórios,” disse.

A apresentação do site do Laboratório de Inovação em Gestão do Trabalho, hospedado no Portal da Inovação (www.apsredes.org) foi feita pelo ponto focal do Laboratório no Nesp – Unb, Adriana Marques. “Eu acredito na ousadia, mas eu acho que todos que estão aqui estão construindo coisas novas. O papel da gente é ficar atento no que vocês desenvolvem na ponta. Esse site só terá sentindo se ele retratar o que vocês estão fazendo”, disse. O espaço virtual traz o projeto das cinco experiências acompanhadas pelo Laboratório, publica relatos em vídeo das pessoas envolvidas nos trabalhos e noticia as atividades do grupo. Para José Carlos da Silva, coordenador do Degerts, a estratégia motiva a troca de experiências e será uma ferramenta para fortalecer a gestão do trabalho no SUS.

Abertura – Abertura do Encontro de Premiação do InovaSUS 2013 abordou o conceito de inovação em saúde, sua sustentabilidade e replicabilidade. O consultor da Opas Brasil Marcos Mandeli, conceituou o termo inovação. “A inovação não é apenas um invento. Precisa ter necessariamente uma repercussão na vida das pessoas, nos processos de trabalho, reflita na sociedade. Deve ter uma utilidade”, disse. Para Rita Catanelli, representante do Conass, “a premiação inaugura uma nova fase. Agora é responsabilidade dos conselhos, do ministério, em fazer com que as experiências sejam replicáveis. Precisamos conversar para saber como contribuir na divulgação do conhecimento”, disse Cataneli. Para o secretário executivo do Conselho Nacional de Saúde, “o desafio é de contextualizar as inovações do momento político do SUS, considerando que o Brasil é protagonista no que se refere à construção de sistemas universais de saúde”.

IMG-20140325-WA0005A diretora do Degerts, Ana Paula Cerca, mostrou os caminhos que a gestão federal está trilhando para fortalecer a área. “O PROGESUS – Programa de Estruturação e Qualificação da Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, voltado à cooperação técnica e financeira, representa um avanço na forma de olhar a política de recursos humanos no SUS. Está cada ano mais fortalecido inclusive financeiramente. Em 2006, o programa teve R$ 6 milhões e em 2013 alcançou R$ 30 milhões para compartilhar com experiências”, relatou. Para ela, um desafio para a gestão é implantar no sistema os protocolos aprovados na Mesa Nacional de Gestão do SUS, que comemora 11 anos de funcionamento e possui oito protocolos. Outro desafio, que segundo ela será breve, é a inauguração da plataforma de informação da Gestão do Trabalho.

Iniciativas premiadas no InovaSUS 2013

1)Siremu: Uma Tecnologia de Gestão e Formação nos Processos de Trabalho na Estratégia Saúde da Família – Prefeitura Municipal de Sobral – CE
2) Dimensionamento de Recursos Humanos para o Sistema Único de Saúde de Campinas: Atenção Básica
3) Programa de Avaliação de Desempenho Anual dos Servidores da Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas
4) Dimensionamento da Força de Trabalho: Um Instrumento À Gestão e Fortalecimento do Sus em Natal
5) Redimensionamento do Quadro de Servidores Rede Sudoeste Ses/Df
6)Monitoramento do Planejamento para a Tomada de Decisão em Florianópolis: O Sistema Pdcasaúde
7) Implantação do Programa de Avaliação de Desempenho na Secretaria da Saúde de Guarulhos com Ênfase na Avaliação dos Serviços De Saúde
8)Definição de Parâmetros para Reorganização e Qualificação da Assistência Farmacêutica nos Serviços de Atenção Básica do Município de São José Do Rio Preto – SP
9) Dimensionamento da Força de Trabalho nas Unidades de Urgência e Emergência – Alagoas
10)Gestão de um Processo de Avaliação de Desempenho: Desafios Em Rede – Secretaria Municipal Da Saúde De São Paulo – SP
11)Avaliação de Desempenho do Estágio Probatório: A Experiência da Secretaria da Saúde do Estado Do Ceará
12)Pccs: A Avaliação de Desempenho Construindo Mudanças no Ambiente De Trabalho – Secretaria Municipal De Saúde De Manaus – AM
13)Monitoramento do Pmaq Atenção Básica por meio da Gestão da Informação para o Controle De Qualidade E Evolução Dos Resultados – Secretaria Municipal De Saúde De Itabirito – MG
14) Avaliação De Desempenho: A Construção De Um Novo Olhar Para As Relações De Trabalho No Sus – RN
15)Discutindo Processos, Consensuando Parâmetros: Dimensionamento da Força de Trabalho no Estado Da Bahia.

Por Vanessa Borges, para o Portal da Inovação

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram