APSREDES

Fiocruz realiza seminário sobre Redes de Atenção à Saúde com a participação da OPAS/OMS

Com o objetivo de contribuir para a consolidação do arcabouço teórico e metodológico do tema Redes de Atenção à Saúde, o seminário promovido pela Fiocruz contou com uma mesa de debates e a apresentação das experiências das Redes de Atenção à Saúde.

 

O seminário Redes Integradas de Atenção à Saúde foi realizado em 18 de março pela Fiocruz e contou com a apresentação das experiências das Redes de Atenção à Saúde (RAS) no Projeto QualiSUS, a experiência e ações que vem sendo desenvolvidas pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a posiçãodo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), a experiência da OPAS/OMS, a Rede de Santa Catarina e os limites e avanços do Teias-Escola Manguinhos da Fiocruz.

A realização do Seminário foi fundamental para a discussão sobre o Teias Manguinhos, bem como para avançar na linha de pesquisa sobre redes de atenção na Fiocruz e também em outras instituições que participaram do Seminário.

 

O Coordenador da Unidade Técnica Serviços de Saúde da OPAS/OMS no Brasil, Renato Tasca, falou sobre o interesse em se construir redes integradas de atenção à saúde como uma resposta mais eficiente dos sistemas de saúde para atender às necessidades de saúde da população.

 

Na ocasião foi apresentado o documento institucional de posição da OPAS que visa aprofundar as discussões atuais sobre os desafios da implantação de RAS no âmbito do SUS, com o fim de oferecer elementos estratégicos para que o futuro gestor federal prepare o Sistema de Saúde para os desafios da próxima década.

 

O documento ”A atenção à saúde coordenada pela APS: Construindo as Redes de Atenção no SUS” está disponível no sítio eletrônico da OPAS/OMS.

Saiba mais.

Conheça as apresentações do seminário.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram