Cofen e OPAS selecionam experiências inovadoras em Enfermagem

porcleomarbrdias

Cofen e OPAS selecionam experiências inovadoras em Enfermagem

O Laboratório de Inovação em Enfermagem, promovido pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no Brasil, selecionou 39 experiências das 329 inscritas na iniciativa.  Das práticas aprovadas, 17 pertencem ao eixo “Ampliação do escopo de práticas” e 22 ao tema “Valorização da Enfermagem”. As experiências contemplam todas as regiões do país e são provenientes de 12 Estados: Alagoas (3 experiências), Amazonas (1), Bahia (1), Ceará (1), Distrito Federal (2), Paraíba (1), Paraná (3), Pernambuco (1), Rio de Janeiro (6), Rio Grande do Sul (2), Santa Catarina (8), São Paulo (10).

A comissão organizadora do Laboratório de Inovação tinha previsto inicialmente a seleção de 30 experiências, mas o bom nível dos relatos apresentados motivou a ampliação das vagas.  “Ficamos satisfeitos com as experiências que recebemos. Nós ampliamos as vagas para o seminário em Brasília pois não poderíamos deixar de fora experiências que estão impactando a saúde da nossa população. Com esta iniciativa estamos tendo um panorama, em tempo real, das boas práticas da Enfermagem no SUS,” afirmou a vice-presidente do Cofen, Nádia Ramalho.

“Quero parabenizar todos os profissionais que mandaram as experiências para o Laboratório de Inovação e dizer que a partir desta iniciativa vamos desenvolver estratégias para fortalecer a Enfermagem no SUS. Este resultado reflete a realidade do país, que em uma rápida avaliação nos mostra onde a Enfermagem está fortalecida e onde precisamos melhorar tecnicamente o desempenho. E nos alegra em ver, por meio dos trabalhos apresentados, como a Enfermagem contribui para melhorar o acesso aos serviços de saúde  do  SUS e também na formação profissional, na incorporação de uso de evidências na prática cotidiana em resposta às necessidades da população ”, ressalta a coordenadora da Unidade Técnica de Capacidades Humanas para a Saúde, Mónica Padilla.

Segunda etapa

O seminário, que marcará a segunda etapa do Laboratório de Inovação, acontecerá em Brasília, entre os dias 16 a 18 de março.  Na oportunidade, os autores terão a oportunidade de apresentar presencialmente a prática desenvolvida no Sistema Único de Saúde (SUS) para a comissão de avaliação, que escolherá as experiências que serão visitadas “in loco” pela equipe a partir de abril.

Os avaliadores do Laboratório de Inovação são indicados pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass), pelo Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), pela Associação Brasileira de Enfermagem (Aben), pelos Ministérios da Saúde (por meio da Secretaria de Atenção Primária à Saúde e da Secretaria de Gestão do  Trabalho e da Educação na Saúde) e da Educação (com representantes da Secretaria do Ensino
Superior), e pela OPAS e Cofen.

Confira as 39 experiências selecionadas na segunda etapa do Laboratório de Inovação em Enfermagem:

Título da experiência: Tema: Estado Município Nome da Instituição onde a experiência se desenvolveu (serviço/instituição)
Consulta de Enfermagem em saúde sexual e reprodutiva: planejamento, oferta e inserção de DIU por enfermeiros de Alagoas Ampliação do escopo de práticas Alagoas Arapiraca Prefeitura Municipal de Arapiraca e Prefeitura Municipal de Penedo
Circuito Eu Sou SUS – Pré-Natal: Uma estratégia para fortalecer a adesão ao pré-natal Ampliação do escopo de práticas Alagoas Atalaia ESF.BRANCA-II-
Mudando a forma de nascer no Estado o do Amazonas: implantação do parto na água no CPNI da Maternidade Estadual Balbina Mestrinho Ampliação do escopo de práticas Amazonas Manaus Maternidade Balbina Mestrinho
Implantação da técnica de Recuperação Intraoperatória de Sangue em serviço público de atendimento ao trauma Ampliação do escopo de práticas Ceará Fortaleza Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – HEMOCE
PROJETO DE INTERVENÇÃO: IMPLANTAÇÃO DA LINHA DE CUIDADO DE GESTAÇÃO DE RISCO HABITUAL NA MATERNIDADE FREI DAMIÃO NO MUNICÍPIO DE JOÃO PESSOA – PB Ampliação do escopo de práticas Paraíba João Pessoa MATERNIDADE FREI DAMIÃO/SES PB
IMPLANTAÇÃO DO FLUXO DE ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA (APS) DO MUNICÍPIO DE CAMPO LARGO – PR Ampliação do escopo de práticas Paraná Campo Largo Secretaria Municipal de Saúde
A atuação da Enfermeira de Ligação no Modelo CHC/UFPR de gestão de altas Ampliação do escopo de práticas Paraná Curitiba Complexo Hospital de Clínicas – UFPR
Terapia do Biomagnetismo e Bioenergética voltada ao trabalhador do HC/UFPE no Serviço de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, voltado para a Assistência aos Trabalhadores do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco Ampliação do escopo de práticas Pernambuco Recife HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO (HC/UFPE)
Projeto Mame: Estratégia para a implantação das Unidades Básicas Amigas da Amamentação Ampliação do escopo de práticas Rio de Janeiro Rio de Janeiro Prefeitura Do Rio de Janeiro – Secretária de Saúde – CAP 3.1
Residência Uniprofissional em Enfermagem de Família e Comunidade Ampliação do escopo de práticas Rio de Janeiro Rio de Janeiro Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro
Ampliação do acesso a partir da inserção de DIU por enfermeiros na APS de Florianópolis. Ampliação do escopo de práticas Santa Catarina Florianópolis Secretária Municipal de Saúde de Florianópolis
APOIO MATRICIAL DE ENFERMAGEM NO CUIDADO À PESSOA COM FERIDA: INOVANDO E FORTALECENDO O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE Ampliação do escopo de práticas Santa Catarina Florianópolis SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE FLORIANÓPOLIS
Atenção Primária à Saúde Abrangente: Ampliando acesso para uma enfermagem forte e resolutiva. Ampliação do escopo de práticas Santa Catarina Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis
Implantação de Protocolos de Enfermagem para ampliação do acesso na Atenção Primária à Saúde em Santa Catarina. Ampliação do escopo de práticas Santa Catarina Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde e Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina
O ENFRENTAMENTO DA SIFILIS A PARTIR DA AMPLIAÇÃO DA CLÍNICA DO ENFERMEIRO EM FLORIANÓPOLIS-SC. Ampliação do escopo de práticas Santa Catarina Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde
O papel dos Protocolos de Enfermagem no município de Jaraguá do Sul (SC) como modificador no cenário da Atenção Primária em Saúde. Ampliação do escopo de práticas Santa Catarina Jaraguá do Sul Secretaria Municipal de Saúde de Jaraguá do Sul
Efetividade clínica do enfermeiro na atenção primária à saúde: uma potencialidade a ser revelada Ampliação do escopo de práticas São Paulo Botucatu Centro de saúde Escola da Faculdade de Medicina de Botucatu-SP
Construção e Implantação do Protocolo de Consulta ginecológica com ênfase na saúde sexual e reprodutiva na inserção do Dispositivo Intrauterino T de Cobre (DIU TCu 380A) Valorização da Enfermagem Alagoas Maceió CORE/AL
Laboratório de Inovação em Saúde e Educação Valorização da Enfermagem Bahia Salvador Universidade do Estado da Bahia (UNEB)
Guia de enfermagem na atenção primária à saúde Valorização da Enfermagem Distrito Federal Brasília Escola Superior de Ciências da Saúde
Manual de orientações para o preparo e administração de medicamentos injetáveis: pacientes adultos e pediátricos Valorização da Enfermagem Distrito Federal Brasília Secretaria de Estado de Saúde
AVALIA TIS Valorização da Enfermagem Paraná Curitiba Complexo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná
Consultório de Enfermagem: laboratório de ensino, pesquisa e extensão Valorização da Enfermagem Rio de Janeiro Rio das Ostras Universidade Federal Fluminense
A Inserção da Cultura de Segurança na Assistência de Enfermagem Pediátrica Ortopédica Valorização da Enfermagem Rio de Janeiro Rio de Janeiro Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into)
Estratégias inovadoras para qualificação da formação em Enfermagem Obstétrica no município do Rio de Janeiro. Valorização da Enfermagem Rio de Janeiro Rio de Janeiro Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ENF/UERJ)
Fábrica de Cuidados: uma tecnologia social para construção de modelos de cuidar em saúde Valorização da Enfermagem Rio de Janeiro Rio de Janeiro Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)
Teleconsultorias para enfermeiras(os): ferramenta de suporte à prática clínica na Atenção Primária à Saúde Valorização da Enfermagem Rio Grande do Sul Porto Alegre TelessaúdeRS-UFRGS
Time de Altas da Emergência: uma experiência inovadora na gestão do cuidado ao paciente na urgência Valorização da Enfermagem Rio Grande do Sul Porto Alegre Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA)
A CONSTRUÇÃO DOS SUBCONJUNTOS DA CIPE® PARA A ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE (APS) A PARTIR DOS PROTOCOLOS CLÍNICOS DE ENFERMAGEM Valorização da Enfermagem Santa Catarina Florianópolis Secretaria Municipal de Saúde
Nursing Activities Score (NAS): estrutura informatizada em Nuvem Valorização da Enfermagem Santa Catarina Florianópolis Hospital de Clínicas de Porto Alegre
A experiencia do dimensionamento da equipe de enfermagem: Atenção Primária Valorização da Enfermagem São Paulo Campinas SECRETARIA DE SAÚDE – PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS
Formação e Capacitação Profissional para a Consulta de Enfermagem e Prática Baseada em evidências: uma integração ensino-serviço Valorização da Enfermagem São Paulo Lins Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium e Secretarias Municipais de Saúde de 07 (sete) Municípios (Lins, Promissão, Guaiçara, Getulina, Cafelândia, Pongai e Uru)
A formação de enfermeiro professor para a educação profissional técnica de nível médio em enfermagem no contexto do SUS Valorização da Enfermagem São Paulo Ribeirão Preto Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo
A PESQUISA PARTICIPATIVA BASEADA NA COMUNIDADE COMO METODOLOGIA PARA FORTALECER PARCERIAS E DIMINUIR O BULLYING NAS ESCOLAS Valorização da Enfermagem São Paulo São Paulo Realizou-se em 2 instituições: Escola do Ensino Fundamental Bairro Nossa Senhora da Conceição e em uma Unidade de Estratégia Saúde da Família
Assistência em violência – prática interprofissional para a garantia do direito à saúde das mulheres em situação de violência doméstica de gênero Valorização da Enfermagem São Paulo São Paulo Faculdade de ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo
Núcleo de Enfermagem Baseado em Evidências Valorização da Enfermagem São Paulo São Paulo Hospital Universitário da Universidade de São Paulo
Observatório de atividades educativas para profissionais dos sistemas públicos de saúde Valorização da Enfermagem São Paulo São Paulo Secretaria Municipal de Saúde-Organizações Sociais de Saúde-Unidades Básicas de Saúde
Preparo da criança com o Brinquedo Terapêutico antes e após procedimentos de enfermagem Valorização da Enfermagem São Paulo São Paulo Centro Assistencial Cruz de Malta
Resolutividade das consultas de enfermagem com a ampliação do acesso na Atenção Primária á Saúde Valorização da Enfermagem São Paulo São Paulo Unidade Básica de Saúde Campo Limpo

Novo cronograma

O Seminário em Brasília será realizado nos dias 16 a 18 de março deste ano, segundo o novo cronograma, ao invés de 12 e 13 de março divulgado anteriormente.

 

ETAPA DATAS
Período de inscrição das experiências 23/09/2019 a 30/11/2019
Avaliação – Etapa 1 – Avaliação pela Comissão Dezembro/2019 e Janeiro/2020
Divulgação da relação das experiências classificados para a etapa 2 de avaliação Até 27 de janeiro de 2020
Avaliação – Etapa 2 – Seminário 16, 17  e 18 de março de 2020
Divulgação dos resultados da 2ª etapa Abril de 2020
Avaliação – Etapa 3 – Visitas técnicas Abril e Maio de 2020
Divulgação dos resultados da 3ª etapa- RESULTADO FINAL Junho de 2020
Organização da publicação das experiências selecionadas Junho a Setembro de 2020
Seminário e Cerimônia de Reconhecimento 22º CBCENF em novembro de 2020

Cronograma atualizado em 27 de janeiro de 2020.

%d blogueiros gostam disto: