Edição especial sobre Atenção Primária à Saúde no Brasil: 40 anos de Alma-Ata

Há quarenta anos, os países membros da Organização Mundial da Saúde (OMS) acordaram em Alma-Ata um conjunto de princípios com o objetivo de proteger e promover a saúde e apontaram a Atenção Primária à Saúde como o princípio orientador de um sistema de saúde integral. Como podemos lembrar os valores desta conferência histórica e incentivar aos países da Região a avançar em direção a sistemas de saúde em que todas as pessoas e comunidades tenham acesso a serviços integrais de saúde adequados, oportunos e de qualidade?

Para responder a esse desafio, o Departamento de Serviços e Sistemas de Saúde da Organização Pan-americana da Saúde (OPAS/OMS), em Washignton, e o American Journal of Public Health proporam uma edição especial sobre Atenção Primária à Saúde, com o objetivo de reunir evidências científicas para tomada de decisão em diferentes níveis.

Depois de reconhecer as lacunas de conhecimento ainda existentes no campo, um comitê editorial de especialistas internacionais foi convocado para ajudar a refinar os temas de interesse da edição. No fim de 2017, foi lançada uma convocatória para artigos em inglês, espanhol e português. A chamada solicitou artigos científicos voltados para áreas específicas do conhecimento, como estratégias e programas para reduzir as iniquidades em saúde, o aumento da capacidade de resposta no primeiro nível de atenção, liderança e governança, e a organização da comunidade para promover saúde universal.

400 artigos recebidos

A resposta da comunidade científica regional superou todas as expectativas e a Revista recebeu quase 400 artigos científicos. Embora a quantidade de manuscritos demonstrasse o grande interesse de leitores e pesquisadores no assunto, também representou um desafio em termos de processamento editorial, uma vez que o projeto original envolvia a publicação de apenas uma dúzia de textos. A boa qualidade de muitos artigos e o fato de que uma parte considerável deles abordavam a APS no Brasil, o projeto foi revisto para integrar a Representação da OPAS no Brasil ao projeto.

Assim, foi definida uma edição dupla especial com um foco regional, de 22 artigos científicos e uma edição especial foco no Brasil, de 13 artigos, publicados no fim de 2018. Desde a Declaração de Alma-Ata, em 1978, os países da Região registraram enormes progressos e melhorias em seus sistemas de saúde. No entanto, ainda persistem muitos desafíos nas Américas, e os artigos da edição especial da Revista Pan-Americana de Saúde Pública fornecem experiências e dados valiosos que podem subsidiar as decisões de políticas de Saúde na Região.

Acesse à edição especial (regional e do Brasil) sobre Atenção Primária à Saúde

Fonte – PAHO

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest
Voltar