Debate 25/06 – APS digital: ferramentas tecnológicas para auxiliar o trabalho da atenção primária

Na próxima quinta-feira (25/06), representantes de três experiências municipais vão participar do debate virtual “A APS digital: ferramentas tecnológicas para auxiliar o trabalho da atenção primária”. A Unidade de Saúde da Família em Jaboatão dos Guararapes, a Atenção Primária regional da Zona Sul da cidade de São Paulo e a Secretaria Municipal de Saúde de Florianópolis vão mostrar as ferramentas tecnológicas que cada uma utiliza para adaptar os cuidados da APS no contexto da pandemia. A sua maneira, cada inciativa mostra a capacidade de inovação e do uso de equipamentos, softwares e aplicativos que já têm à disposição para auxiliar e melhorar a resposta da APS.

O debatedor do debate será o assessor da Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal, Jose Eudes Barroso. A moderação será realizada pelo coordenador da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços de Saúde da OPAS no Brasil, Renato Tasca. O debate será transmitido no Portal da Inovação na Gestão do SUS ( https://apsredes.org/) e no Facebook @inocacaoemsaude. O público pode enviar perguntas para os convidados por meio do site https://apsredes.org/participe/

Experiências:

  • Ações para implantação do teleatendimento em uma região no município de São Paulo – das ações desenvolvidas para implantação do teleatendimento (teleconsulta, teleorientação, telemonitoramento, televisita, telematriciamento), em 13 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que possuem 87 equipes de Saúde da Família (ESF) localizadas na zona sul de São Paulo.

Convidada – Talita Rewa, enfermeira e apoiadora técnica do Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein.

  • Geolocalização: ferramenta de monitoramento dos pacientes com síndrome gripal na Estratégia Saúde da Família – mostra a iniciativa da USF Santa Felicidade em Jaboatão dos Guararapes – PE para implantar um sistema informatizado de mapeamento digital e monitoramento de usuários suspeitos e confirmados da COVID 19, utilizando a plataforma Google Earth, gerando dados de distribuição dos casos no território para planejamento de intervenções de combate à pandemia.

Convidado – Ricardo Estrêla, cirurgião dentista da prefeitura do Jaboatão dos Guararapes.

  • Tecnologias de informação para consolidar os atributos da APS: experiência de Florianópolis – escreve a estratégia de ampliação e aperfeiçoamento do uso de tecnologias de informação (TI) em saúde na pandemia de COVID-19 para garantir e ampliar a operacionalização dos atributos da APS no município de Florianópolis.

Convidada – Fernanda Melchior, Médica de Família e Comunidade, coordenadora do AloSaudeFloripa, do Departamento de Gestão da Clínica da Secretaria Municipal de Saude Florianópolis

 

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest