COVID-19: Responsabilidade de Todos – Anísio de Abreu/PI

COVID-19: Responsabilidade de Todos – Anísio de Abreu/PI

#APS Forte em Anísio de Abreu/PI

A Atenção Primária à Saúde do município de Anísio de Abreu-PI enfrenta a pandemia de Covid-19 com ações que visam reduzir a transmissão do vírus respiratório por meio da busca ativa de usuários sintomáticos, testagem rápida e isolamento domiciliar.

Sair da zona de conforto para promover saúde e melhorar os serviços da redes de saúde. Com esse lema, a Atenção Primária à Saúde do município de Anísio de Abreu-PI enfrenta a pandemia de Covid-19, implementando ações que visam a reduzir a transmissão do vírus respiratório por meio da busca ativa de usuários sintomáticos, testagem rápida e isolamento domiciliar. “Embora realizada com muito medo pois a doença vem matando assustadoramente, ela nos propiciou enquanto agentes de transformação, ter uma visão diferenciada do que é ser acolhedor e acolhido, informador e informado, em um momento de tamanha dificuldade para todas as pessoas mundo a fora”, explica o fisioterapeuta e especialista em Saúde Pública, Erasmo Soares.

“Entrar na casa das pessoas para fazer um rápido exame clínico para Covid-19, monitorar e tocá-las, mesmo utilizando todas medidas de proteção individual,  nos possibilitou aproximação, admiração e respeito ainda maior por todos das áreas em que atuamos, facilitando assim o nosso processo de ensino aprendizagem em saúde”, ressalta Soares. O médico Helbert Reis ratifica o sucesso da experiência. “O combate à Covid-19 depende da responsabilidade de todos. Nossa experiência segue três pilares: acolhimento, segurança e responsabilidade”, enfatiza o médico que atua na Estratégia Saúde da Família.

Ações de educação em saúde protagonizadas pelos profissionais da APS permitiram o fortalecimento de vínculos e saberes com a comunidade otimizando a promoção da saúde. Para cobrir 100% a população do município, que possui menos de 10 mil habitantes,  os agentes comunitários e os de endemias foram acompanhados por outros profissionais da APS no monitoramento dos casos suspeitos e confirmados de Covid-19 em domicílio. A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou termômetro, oxímetro, uma relação familiar de cada microárea, além de capacitação aos profissionais para realização das atividades de vigilância e monitoramento dos casos. 

" Analisar todos as pessoas in loco nos levou a um poder de observação crítica maior sobre os fatores sociais que interferem na qualidade de vida de cada família e cada pessoa, embasando projetos terapêuticos no futuro".
Especialista em Saúde Pública, Erasmo Soares, especialista em Saúde Pública

Compromisso de todos

A mobilização da equipe da Saúde da Família foi  fundamental para a realização das visitas domiciliares

Experiência

Diminuir o índice de contaminação pelo COVID-19 através do rastreio clínico, testagem rápida para casos suspeitos e isolamento domiciliar precoce para sinais e sintomas gripais; propiciar momentos integrativos e criativos de promoção em saúde in loco, otimizando atualização em saúde e produção, fortalecimento de vínculos, saberes mútuos e a prática da pesquisa em campo.

Leia mais