Campo Grande avança para melhorar a qualidade da Atenção Básica

Mais de 15 mil pessoas serão beneficiadas com a inauguração da segunda Clínica da Família de Campo Grande no Bairro Portal Caiobá.  A certificação da unidade aconteceu na manhã desta terça-feira (12), com a presença do prefeito Marquinhos Trad, do secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, Conselho Municipal de Saúde, lideranças comunitárias e usuários.

Durante a solenidade, o prefeito Marquinhos Trad destacou a importância do investimento no trabalho de prevenção e fortalecimento da Atenção Primária e do comprometimento profissional, a fim de dar uma assistência de qualidade à população.

“Aqui teremos uma unidade certificada como modelo no trabalho de prevenção em saúde, que irá funcionar ininterruptamente desde o nascer do sol até o início da noite, facilitando o acesso  não só dos moradores  do Caiobá, mas também do Rancho Alegre, Vila Fernanda, entre outros.  É uma unidade que se torna referência e para tanto se exige também um comprometimento por parte dos servidores para que a população seja bem atendida. Desta forma iremos conseguir dar uma saúde de melhor qualidade a todos”, disse.

Campo Grande participa do Laboratório de Inovação em Atenção Primária Forte (APS Forte) desenvolvido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e Ministério da Saúde.

O secretário de Saúde, Marcelo Vilela, explica  que a Clínica da Família é um Programa Municipal de Certificação da qualidade da Atenção Básica e estratégia prioritária de reorganização do Sistema Único de Saúde (SUS) no âmbito local.

“A concepção do serviço tem por objetivo estabelecer um modelo de unidade básica, com nova identidade estética e excelência em todos os serviços oferecidos, segundo os preceitos da Atenção Primária em Saúde, da Política Nacional da Atenção Básica e do Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade na Atenção Básica”, ressaltou

No Nova Lima, onde foi inaugurada a primeira Clínica da Família de Campo Grande, em agosto do ano passado, os atendimentos passaram de 1 mil por mês para mais de 4 mil, o que atesta a efetividade, além da resolutividade do serviço.

Além de funcionar em horário diferenciado, o que facilita o acesso da população, a unidade também priorizará o acolhimento, os indicadores em saúde, o agendamento diário e ampliação de procedimentos realizados nas unidades de saúde.

O agendamento será diário, onde a equipe atenderá ou agendará consulta para todas as pessoas que chegarem à unidade, conforme sua necessidade, e não apenas determinados grupos populacionais, ou agravos mais prevalentes ou fragmentados por ciclo de vida.

A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 07h às 19h, sem intervalo para almoço. A  Clínica da Família do Portal Caiobá irá beneficiar os moradores dos bairros Portal Caiobá I, Rancho Alegre I, Rancho Alegre II, Rancho Alegre III, Rancho Alegre IV, Residencial Bela Laguna, Lagoa Park, São João da Lagoa, Serra Azul e Ouro Verde, totalizando mais de 16 mil pessoas na área de cobertura.

Parceria com instituições de ensino para integração do ensino-serviço-comunidade

foto – CGNotícias

Na segunda-feira (11) aconteceu a assinatura do Contrato Organizativo de Ação Pública de Integração Ensino e Serviço (Coapes), que  inclui Instituições de Ensino Superior, Hospitais Escolas e Escolas Técnicas, e tem como objetivo viabilizar a formação de profissionais da área de saúde para atuarem na rede Municipal de Saúde da Capital. A solenidade aconteceu no auditório Multiuso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande.

O Coapes prevê ainda o reordenamento da oferta de cursos de graduação da área de saúde e de vagas de residência, com garantia de campos de práticas nas unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), com garantia de estrutura de serviços de saúde, mediante integração ensino-serviço-comunidade nas redes de atenção à saúde.

Para o secretário municipal de Saúde, Marcelo Vilela, a integração das instituições de ensino com o serviço público é extremamente importante para a melhoria da qualidade e principalmente da humanização profissional, além de trazer benefícios para a assistência.

“Esse é um processo muito importante, uma vez que se faz necessário cada vez mais garantir o acesso do ensino aos estabelecimentos de saúde como cenário de prática e direcionar esforços para que os programas de formação contemplem compromissos da educação superior com a melhoria dos indicadores de saúde e do desenvolvimento dos trabalhadores de saúde”, pontuou.

O evento de assinatura do COAPES reuniu reitores, diretores e representantes das Instituições de Ensino Superior, Hospitais Escolas, Escolas Técnicas, Gerentes das Unidades de Saúde da SESAU, e colaboradores SESAU.

 

Foto destaque – Denilson Secreta

Fonte – CG Notícias

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest