BRASIL DISCUTE A SITUAÇÃO DA ENFERMAGEM NO PAÍS PARA CONTRIBUIR COM O RELATÓRIO DA OMS

A Unidade Técnica de Capacidades Humanas para a Saúde (UT CHS) da representação da Organização Pan Americana da Saúde /Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil reuniu nesta segunda-feira (3/06), em Brasília, representantes dos Ministérios da Saúde, da Educação, da Associação Brasileira de Enfermagem (Aben), Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Abenfo) e do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e pesquisadores. O objetivo foi discutir o processo de produção conjunta da contribuição brasileira ao Relatório do estado da Enfermagem no Mundo (The State of the Nursing report), encomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para os Países membros.

O documento global descreverá como a força de trabalho da Enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem) contribui para a Cobertura Universal da Saúde e para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). “Nós estamos fazendo um trabalho de diálogo com o Ministério da Saúde, da Educação e com as instituições representativas da categoria profissional para que os dados colhidos sobre a situação da Enfermagem no Brasil sejam mais representativos e possam expressar o panorama da área.”, explica a coordenadora da UT CHS OPAS/OMS/BRA , Mónica Padilla.

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest