APSREDES

Articulação entre APS e atenção especializada na atenção às condições crônicas

A experiência do Centro de Especialidades de Santo Antônio do Monte, especialmente a articulação entre Atenção Primária (APS) e secundária no manejo das doenças crônicas, será objeto de análise do Laboratório de Inovações na atenção às condições crônicas. O plano de trabalho foi discutido em reunião realiza no dia 14 de fevereiro, em Belo Horizonte, com os representantes do Conass, da Opase da  Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais. O grupo de trabalho também visitou o município Santo Antônio do Monte-MG, onde está localizado o Centro de Referência Integrado Viva Vida e Hiperdia Minas, que atende 13 municípios da microrregião centro-oeste do estado de Minas Gerais, localizado a 194 Km da capital.

O objetivo da visita foi verificar in loco a experiência que vem sendo desenvolvida em um município de pequeno porte, como Santo Antonio do Monte, com aproximadamente 30 mil habitantes, mas que apresenta resultados grandiosos na saúde da população e também contribui para a avaliação positiva dos usuários com relação ao SUS e a satisfação dos profissionais envolvidos. “Queremos compartilhar com o Brasil todo e para a Região das Américas as evidências produzidas nesse laboratório de inovação, principalmente na área da atenção especializada no cuidado às condições crônicas, que geralmente carece de publicações” Elisandrea Kemper, Opas Brasil.

O Centro de Referência faz parte da rede de atenção secundária do Estado de Minas Gerais e atende mulheres, crianças e pessoas portadoras de hipertensão e/ou diabetes de médio e alto grau de risco. Em Santo Antônio do Monte, o Centro de Referência está utilizando ferramentas inovadoras na atenção aos portadores de hipertensão e diabetes e gestantes e puérperas de médio e alto risco referenciados pela atenção primária. São ferramentas como consultas sequenciais, atendimentos por pares, cuidado compartilhado, elaboração e monitoramento de plano de cuidado, técnicas motivacionais, além de contar com uma equipe multiprofissional composta por médicos especialistas, psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos clínicos, nutricionistas, entre outros.

O prefeito da cidade de Santo Antonio do Monte, Wilmar de Oliveira Filho, participou de todo o encontro e disse que não medirá esforços para contribuir com o Laboratório de Inovação e que para o município é uma imensa satisfação estabelecer essa parceria com Conass, Opas e SES MG.

Dessa forma, oobjetivo do Laboratório de Inovação é produzir evidência e compartilhar os resultados relativos à atenção secundária em Santo Antonio do Monte, estudar as formas de articulação entre APS e atenção secundária, testar algumas ferramentas do modelo de crônicas na APS, como por exemplo, autocuidado apoiado e o cuidado compartilhado, e produzir conhecimentos relativos à articulação da vigilância com a assistência com relação ao modelo de crônicas.

 

Por Elisandréa Kemper e Vanessa Borges para o Portal da Inovação na Gestão

 

 

 

 

Assista o vídeo:

Santo Antônio do Monte terá laboratório para tratamento de doenças crônicas

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram