APSREDES

Arapiraca: treinamento em oxigenoterapia

Arapiraca

O município de Arapiraca, localizado no agreste alagoano, implantou treinamentos em oxigenoterapia para os profissionais da APS e adquiriu novos equipamentos, ao constatar que as equipes não estavam preparadas para seguir os protocolos de manejo clínico de pacientes com baixa saturação de oxigênio. A enfermeira especialista em UTI e assessora técnica de Atenção à Saúde de Arapiraca, Lousanny Caires Rocha Melo, contou que foram implantadas áreas de precaução de atendimento aos pacientes com síndrome gripal em 90% das UBS. “Com isso, conseguimos assegurar o atendimento para usuários tanto com sintomas gripais como os casos de rotina”.

Segundo Melo, entre os pacientes atendidos, 5% apresentaram saturação de oxigênio inferior a 95%. Estes casos receberam suporte para estabilização, com oxigenoterapia e uma rede de urgência e emergência que assegurava a continuidade de atendimento pelas UBS.

Lousanny Caires apresentou a experiência durante o debate virtual “O atendimento de Urgência e Emergência na Atenção Primária no contexto da Covid-19”, realizado na última quinta-feira (10/09) pelo Portal da Inovação na Gestão do SUS, como parte da iniciativa APS Forte no SUS – no combate à pandemia.

Vídeo A importância da SpO2 e oxigenoterapia no manejo clínico da Covid19 na APS - SMS Arapiraca/AL:

Assista à integra do debate:

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram