Nove experiências da Saúde Suplementar inovam em Segurança do Paciente

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS) validaram, nesta terça-feira (8/8), o resultado do Laboratório de Inovação e Reconhecimento a Boas Práticas sobre Segurança do Paciente na Saúde Suplementar, que selecionou sete experiências do setor privado da saúde para receberem certificados de premiação e reconhecimento e mais outras duas expertises para compor uma publicação técnica. Ao todo, o Laboratório de Inovação analisou 71 inscrições de práticas provenientes de instituições de saúde da rede privada como hospitais, maternidades, clínicas, consultórios e serviços de apoio à diagnose e terapia de todo o Brasil.

As sete selecionadas também serão apresentadas no “3o Fórum Latino-Americano de Qualidade e Segurança na Saúde”, a ser realizado em São Paulo, nos dias 28, 29 e 30 de agosto. O resultado preliminar do Laboratório foi divulgado no dia 13 de agosto e como não recebeu recurso por parte das instituições participantes, a ANS e a OPAS homologaram o resultado apontado pela Comissão Organizadora e Julgadora do Laboratório de Inovação.

Confira as práticas selecionadas de acordo com as categorias temáticas do Laboratório de Inovação:

Categoria 1. Inovação em Segurança do Paciente: Impacto da revisão de fluxos na Segurança Assistencial e Satisfação dos clientes do Pronto Socorro da Fundação São Francisco Xavier (MG).

Categoria 2. Comunicação em Segurança do Paciente: Decisão Compartilhada e Segurança do Paciente da Amil Assistência Médica (SP).

Categoria 3. Aprendizado em Segurança do Paciente: Educação Corporativa: Estratégia para redução de infecção hospitalar do Hospital Evangélico de Londrina (PR).

Categoria 4. Núcleo de Segurança do Paciente do Ano: A Gestão de Risco Assistencial Eficiente: A Teoria Aplicada na Pratica da Unimed Vitória (ES) .

Conforme previsto no edital, a Comissão Organizadora e Julgadora também escolheu mais três experiências que se destacaram para receber o certificado de Reconhecimento de Boas Práticas em Segurança do Paciente da ANS, no evento em São Paulo. São elas:

Categoria 1. Inovação em Segurança do Paciente: Impacto do uso de protocolo de cuidado em paciente traqueostomizado na alta da Unidade de Terapia Intensiva com segurança e qualidade do Hospital do Coração Anis Rassi (GO).

Categoria 1. Inovação em Segurança do Paciente: Protocolo de Fêmur: Estratégia para Melhorar a Qualidade Assistencial do Hospital Unimed Recife III (NE).

Categoria 3. Aprendizado em Segurança do Paciente: Projeto de Capacitação e Desenvolvimento em Segurança do Paciente na Unimed Belém da Unimed de Belém Cooperativa de Trabalho Médico (PA).

Para a publicação técnica Inovação na Gestão, de autoria da OPAS e da ANS, além das sete experiências finalistas, foram escolhidas mais duas práticas que serão sistematizadas, são elas:

Categoria 1. Inovação em Segurança do Paciente: Melhorando a segurança do paciente dentro do ambiente hospitalar com o conceito Shift Huddle da Américas Serviços Médicos (RE).

Categoria 3. Aprendizado em Segurança do Paciente: Pré-Natal Ativo da Unimed Santa Bárbara D’Oeste e Americana (SP).

Por Vanessa Borges, para o Portal da Inovação na Gestão do SUS

 

 

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest

Leave a comment