Prêmio APS Forte leva profissionais do SUS para Espanha

porcleomarbrdias

Prêmio APS Forte leva profissionais do SUS para Espanha

A viagem de estudo na Espanha para os ganhadores e finalistas do Prêmio APS Forte ocorreu nesta semana, entre o dia 3 a 7 de fevereiro, na Escola Andaluza de Saúde Pública, em Granada. A comitiva foi formada por profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS) que se destacaram por promover práticas que ampliam o acesso dos usuários na Atenção Primária à Saúde (APS), tema da primeira edição do prêmio realizado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e pelo Ministério da Saúde.

A representação da OPAS no Brasil já tem uma longa história de colaboração com a Escola Andaluza de Saúde Pública, um centro colaborador da Organização Mundial da Saúde (OMS), que tem experiência na organização de cursos com foco em políticas públicas para sistemas de saúde universais baseados na atenção primária e estruturados em redes de saúde. Inicialmente apenas os autores das três experiências vencedoras (SMS Abaetetuba/Pará, SMS Jaraguá do Sul e ESF da comunidade do Salgueiro/SMS RJ) participariam da viagem, porém na cerimônia do Prêmio APS Forte, a pedido do Conass e do Conasems, o Ministério da Saúde e a OPAS incluiram no curso internacional os demais autores das nove experiências finalistas e os autores da experiência de APS Forte destacada no Congresso do Conasems.

“Essa experiência internacional contribuiu para amadurecer as nossas práticas e agregar conhecimento para que a gente possa forta

lecer o nosso processo de cuidade dentro da APS, no municipio de Abaetetuba, um região com várias diversidades, que compreende 72 ilhas. Então essa experiência foi fantástica para engrandecer o nosso cuidado, a nossa atenção e atestar que é possível fazer uma saúde mais forte”, ressaltou a secretária de saúde de Abaetetuba/Pará, Kellen Costa.

“Fazer parte desta experiência como o programa de estágio em sistemas de saúde baseados na atenção primária de saúde na Escola de Andaluza de Saúde Pública está sendo altamente relevante, uma vez que estamos tendo a oportunidade de conhecer outro sistema de saúde e aí comparar com o nosso sistema de saúde. O primeiro dia deste estágio já nos proporcionou muitas informações  relacionadas ao funcionamento do sistema sanitá

rio da Espanha, como também uma excelente explanação sobre análise de eficiência e pagamento por desempenho; abordagem importante para todos nós inseridos na APS, onde está diretamente ligado com o novo modelo de financiamento da atenção primária”, comenta a secretária municipal de saúde de Mombaça, no Ceará, Norma Marques.

O consultor da OPAS no Brasil, Wellington Carvalho, que acompanhou a comitiva, explicou que o curso abordou temas específicos sobre acesso na APS. “Além de temáticas de governança da rede de atenção, o curso possibilitou uma troca de conhecimento sobre aspectos específicos e inovadores da APS em Andaluzia, como as inovações destinadas a expandir as competências dos enfermeiros, incluindo as experiências de gerenciamento de casos de pacientes com processos crônicos e alta necessidade de cuidados, bem como o desenvolvimento de práticas de atendimento avançado a pacientes com doenças agudas leves, atendimento domiciliar, atendimento ginecológico-obstétrico, atendimento de emergência e câncer”, explica.

“Tefé é um dos municípios do Amazonas que mais investe em saúde, e sem esses recursos nunca poderemos responder às diversas necessidades de saúde de pessoas e comunidades. Somente com um primeiro nível de atendimento forte, poderemos alcançar a saúde universal e através desse treinamento podemos confrontar as realidades e fazer uma reflexão crítica dos diferentes contextos, experiências, estratégias e práticas, assegurando diretrizes de modelos de cidades internacionais para a cidade de Tefé”, disse a secretária de saúde de Tefé Adriana Moreira.

Integram o comitê do Prêmio APS Forte autores das seguintes experiências destacadas por meio do Prêmio APS Forte:

primeira capacitacao COREN

Papel do protocolo da enfermagem no processo de colhimento e primeira consulta para zerar as filas na atenção primária em saúde no município de Jaraguá do Sul (SC)  Jaraguá do Sul/ Santa Catarina

 

PRISCILA STEFFANI – Enfermeira, supervisora de Atencão Primária de Jaraguá do Sul / SC

ROSANA MARA DA SILVA – Fisioterapeuta

SILVIA REGINA BONATTO CURTY – Enfermeira, Gerente de Atencão Primária de Jaraguá do Sul / SC

 

image_123986672

Rio de Janeiro/RJ

DANIEL TRINDADE ARAUJO DO ESPIRITO SANTO – Médico de familia e comunidade.

VICTORIA MEY CARMO PEREIRA – Médica de familia e comunidade (UERJ).

 

LAÇOS

Abaetetuba/Pará

KELLEN DA COSTA BARBOSA – Enfermera, especialista em saúde pública. Secretária de Saúde de Abaetetuba

LAURINDO CAMPOS DE LIMA – Enfermeiro, SMS Abaetetuba

MARIA LUCILENE RIBEIRO DAS CHAGAS – Enfermeira, gestora de saúde de Abaetetuba

 

 

PHOTO-2019-09-18-15-14-10

Mombaça/ Ceará

ANTONIA NORMA TECLANE MARQUES LIMA – Enfermeira, especialista em saúde pública. Secretária de saúde de Mombaça/ Ceará

 

 

Olhar

Rio Grande do Sul

CARLOS ANDRÉ AITA SCHMITZ – Médico de familia e Coordenador de Tecnologia do TelessaúdeRS-UFRGS.

 

 

7d6fc7ef-c176-40dc-b255-f649be22fb8a

Santo Antonio do Monte / MG

FERNANDA OLIVEIRA SANTOS E CASTRO – Odontóloga e assessora em Santo Antonio do Monte

 

 

Caracteristicas da Região

Tefé – Amazonas

MARIA ADRIANA MOREIRA – Enfermeira, secretária de saúde de Tefé / AM

 

 

IMG-20190913-WA0017

Senador Canedo – Goiás(colocar o nome e o link da experiência)

PAULO HENRIQUE SILVA COSTA – coordinador de Atencão em Senador Canedo/ GO

 

 

GRUPO-VIDA-EM-MOVIMENTO

Doresópolis / Minas Gerais

ROSÂNGELA APARECIDA TERRA E GUERRA – Secretária de Saúde de Doresópolis -MG

 

 

Território UBS Jd. Mitsutani

São Paulo / São Paulo

TALITA REWA – Enfermeira, analista sênior de práticas assistênciais pelo Instituto Israelita de Responsabilidade Social Albert Einstein.

 

PHOTO-2019-09-18-21-59-30_3
APARECIDA DE CÁSSIA RABETTI – Médica de familia e comunidade
– Consultor OPAS Brasil – WELLINGTON MENDES CARVALHO – Odontólogo, mestre em Saúde Pública.

– LIVIA DE ALMEIDA FALLER – Enfermeira, diretora do Departamento de Promoção de Saúde Integral /Secretaria de Atencão Primária à Saúde do Ministério da Saúde do Brasil.

  • SMS Rurópolis / AM – Representantes da experiência premiada na 16ª edição da Mostra Brasil, aqui tem SUS realizada no XXXV Congresso Conasems:

HELENA FERNANDES FERRAZ – Médica de familia y comunidad

LETÍCIA CARVALHO SANTANA – Enfermera, especialista em salud pública. Gestora de salud de Rurópolis (cuidad de la Amazonia)

SHAYANNE GABRIELA ARAUJO DE MATOS – Enfermera, especialista em salud pública. Gestora de salud de Rurópolis (cuidad de la Amazonia)

%d blogueiros gostam disto: