Informações Gerais

O objetivo é identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas locais, municipais ou regionais que tenham como foco a melhoria da APS. Embora sejam muitos os avanços observados na última década, diversos estudos e iniciativas de avaliação da qualidade da atenção proporcionada pelas equipes de Saúde da Família no SUS apontam que o acesso é o atributo da APS que mais precisa ser fortalecido no país. Portanto, a edição 2019 do prêmio terá como tema central o Acesso.

Esta iniciativa busca experiências que promovam a melhoria do acesso da população, sempre priorizando e reforçando o papel da APS como porta de entrada prioritária e coordenadora da atenção no sistema de saúde. 

O Prêmio APS Forte para o SUS recebeu 1.294 inscrições de experiências provenientes de todos os Estados do país e o Distrito Federal.

A maior parte das inscrições é proveniente de equipes de Saúde da Família (533), seguida por representantes de secretarias municipais de saúde (247) e outros tipos (183), como inscrições individuais e de outros equipamentos públicos, como UBS, escolas e unidades prisionais.

Como metodologia, as experiências inscritas serão avaliadas em duas etapas:

  • 1ª etapa de Avaliação – será realizada por convidados das instituições parceiras do prêmio (pesquisadores, gestores e profissionais da saúde com experiência em APS), sob a coordenação da OPAS.
  • 2ª etapa: Comitê de Avaliação OPAS/OMS, Ministério da Saúde, Conass, Conasems e CNS
  • 3 ª etapa: Jurados especais integrado por um time de formadores de opinião.

Todos os autores dos trabalhos recebidos, considerados coerentes com as linhas do Prêmio, serão mencionados em uma publicação da OPAS sobre o tema, e os melhores trabalhos serão sistematizados. Os autores (máximo 3 pessoas) dos três melhores trabalhos serão premiados com uma viagem de estudo para conhecer uma experiência internacional de organização de rede de atenção à saúde centrada na Atenção Primária, a ser indicada pela OPAS/OMS

As experiências podem ser apresentadas, através de inscrições gratuitas, a partir do dia 15 de abril ao dia 15 de junho de 2019, por meio do preenchimento Formulário Eletrônico disponível no link abaixo.
As dúvidas devem ser encaminhadas para o email: premioapsforte@gmail.com

ACESSE AQUI O EDITAL

MENINA DE LAÇO DE FITA: A TERNURA COMO ESSÊNCIA, A LUTA COMO PRINCÍPIO E O EMPODERAMENTO COMO ESTRATÉGIA PARA A CIDADANIA

PAPEL DO PROTOCOLO DA ENFERMAGEM NO PROCESSO DE ACOLHIMENTO E PRIMEIRA CONSULTA PARA ZERAR AS FILAS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE NO MUNICÍPIO DE JARAGUÁ DO SUL

OS DESAFIOS DA IMPLEMENTAÇÃO DE AÇÕES EM PROMOÇÃO DE SAÚDE NO CENÁRIO ESCOLAR: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UM GRUPO DE CRIANÇAS NO SALGUEIRO

Comitê técnico integrado por representantes do Ministério da Saúde (MS), da Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil (OPAS BRA) e mais instituições do setor selecionaram as onze (11) experiências finalistas do Prêmio APS Forte: Acesso Universal. Além das entidades, fazem parte do comitê os conselhos nacionais de secretarias municipais e de secretários de Saúde (Conasems e Conass) e o Conselho Nacional de Saúde (CNS).Práticas das cinco regiões brasileiras foram escolhidas para a reta final da apuração que levará três (3) vencedores para conhecerem uma experiência internacional de rede de atenção à saúde focado na Atenção Primária à Saúde (APS). O objetivo do prêmio é valorizar, sistematizar e divulgar experiências que ampliam o acesso do cidadão ao Sistema Único de Saúde (SUS). 
Leia Mais

Jurados

Experiências Recomendadas para o Prêmio

O Prêmio recebeu 1.294 inscrições, sendo que 135 foram recomendadas para premiação, 811 foram aprovadas e apenas 348 foram excluídas por não atenderam aos critérios de participação. O mapa abaixo apresenta as 135 experiências recomendadas para o Prêmio, que pode ser navegado por Estado.

Experiências aprovadas pelos jurados técnicos

Fotos

Foto: Erasmo Salomão/MS

Vídeos

Notícias

Atenção Básica de Teresina é destaque nacional e alvo de pesquisa da OPAS e ABRASCO

Teresina atingiu cobertura assistencial de 100% pela Estratégia de Saúde da Família e tem desenvolvido estratégias que fortalecem a Atenção Básica, considerada a principal porta de entrada do SUS. A constatação foi feita por pesquisadores da Associação Brasileira de Saúde ...
Leia Mais
/ PREMIO APS FORTE

PRÊMIO APS FORTE PARA O SUS – ACESSO UNIVERSAL

Todas as experiências aprovadas pelo comitê técnico, as recomendadas para o Prêmio (135), as finalistas e as ganhadoras estão na publicação eletrônica editada pelo Ministério da Saúde e OPAS, chamada NavegadorSUS, lançada na cerimônia ...
Leia Mais
/ PREMIO APS FORTE

Prêmio APS Forte – Experiências de Abaetetuba (PA), Jaraguá do Sul (SC) e da comunidade do Salgueiro (RJ) são premiadas pela OPAS e Ministério da Saúde

As experiências de Jaraguá do Sul (Santa Catarina), Abaetetuba (Pará) e da comunidade do Salgueiro (Rio de Janeiro) são as ganhadoras do Prêmio APS Forte para o SUS: Acesso Universal, promovido pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) e pelo Ministério da ...
Leia Mais
/ PREMIO APS FORTE
Carregando...;