Premio APS Forte

O objetivo é identificar, dar visibilidade, reconhecer e promover iniciativas locais, municipais ou regionais que tenham como foco a melhoria da APS. Embora sejam muitos os avanços observados na última década, diversos estudos e iniciativas de avaliação da qualidade da atenção proporcionada pelas equipes de Saúde da Família no SUS apontam que o acesso é o atributo da APS que mais precisa ser fortalecido no país. Portanto, a edição 2019 do prêmio terá como tema central o Acesso.

Esta iniciativa busca experiências que promovam a melhoria do acesso da população, sempre priorizando e reforçando o papel da APS como porta de entrada prioritária e coordenadora da atenção no sistema de saúde. A iniciativa é financiada pelo Termo de Cooperação nº 98 celebrado entre OPAS/OMS e Ministério da Saúde.

CRITÉRIOS PARA PARTICIPAÇÃO

Inscrição

Poderão se inscrever Equipes de Saúde da Família, Coordenações de Atenção Básica regionais ou municipais, Secretarias Municipais de Saúde e Secretarias Estaduais de Saúde.

Experiência

Os Relatos de Experiência (com até 1.500 palavras) deverão ser enviados via portal web, contendo, minimamente, a seguinte estrutura:

  • Título da experiência.
  • Autores do relato.
  • Contextualização e justificativa.
  • Objetivos; Metodologia e atividades desenvolvidas.
  • Resultados alcançados.
  • Considerações finais.

Envio

Cada proponente poderá submeter um trabalho por Linha e participar de mais de uma categoria temática. Para cada trabalho deverá ser preenchida uma ficha de inscrição.

AVALIAÇÃO

INSCRIÇÃO

As experiências podem ser apresentadas, através de inscrições gratuitas, a partir do dia 15 de abril ao dia 15 de junho de 2019, por meio do preenchimento Formulário Eletrônico disponível no link abaixo.
As dúvidas devem ser encaminhadas para o email: premioapsforte@gmail.com

ACESSE AQUI O EDITAL


Acesse aqui o edital

JURADOS

A Organização Pan-Americana da Saúde no Brasil (OPAS) no Brasil (OPAS) convidou um time de jurados especiais para escolher as três primeiras colocadas do Prêmio APS Forte para o SUS: Acesso Universal. Este time é formado por comunicadores e jornalistas que analisarão as experiências finalistas, selecionadas pelos jurados técnicos, sob a perspectiva do usuário.

Alan Graça Ferreira

Alan Graça Ferreira

Jornalista, é produtor de reportagem do núcleo de especiais do Fantástico, da TV Globo, desde 2013. Dedica-se a pautas ligadas a temas sociais e direitos humanos. Formado em Jornalismo pela Universidade Católica de Santos, iniciou carreira na TV Tribuna, afiliada da TV Globo..

Chico Pinheiro
Crédito foto – João Cotta/TV Globo
Chico Pinheiro

No comando da bancada do Bom Dia Brasil, da Rede Globo, há oito anos e autor de frases como “Graças a Deus é sexta-feira, vida que segue”, Chico Pinheiro é gaúcho de nascimento mas mineiro de criação. Formado em Jornalismo em 1976…

Leia mais...

Claudia Collucci

Claudia Collucci

Colunista especialista em saúde do jornal Folha de S. Paulo, Claudia Collucci formou-se em Jornalismo em 1989 na Universidade de Ribeirão Preto (Unaerp/SP) e é mestre em História da Ciência pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Entre 2011 e 2012, foi bolsista de duas universidades americanas – a University of Michigan e a Georgetown University..

Leia mais...

Drauzio Varella

Drauzio Varella

O primeiro influencer digital do setor saúde, o médico cancerologista Drauzio Varella é formado pela Universidade de São Paulo (USP). Nasceu em São Paulo, em 1943. Durante 20 anos, dirigiu o serviço de Imunologia do Hospital do Câncer (SP) e, de 1990 a 1992, o serviço de Câncer no Hospital do Ipiranga, na época pertencente ao INAMPS.

Leia mais...

Bootstrap Thumbnail First

Lígia Formenti

Repórter da sucursal do jornal Estadão em Brasília há mais 15 anos, a jornalista Lígia Formenti é referência na cobertura do setor saúde na capital do país. Transitando entre o Ministério da Saúde e o Congresso Nacional, Lígia tem no currículo várias reportagens especiais sobre os rumos e os desafios da saúde pública no Brasil. Nascida em São Paulo e formada na Cásper Líbero, Lígia Formenti trouxe a público os casos de microcefalia causados pelo vírus Zika, chamando a atenção do governo e da sociedade para uma realidade invisível até a sua reportagem, além de outras matérias relevantes para a saúde pública.

Bootstrap Thumbnail First

Lise Alves

Lise Alves é uma jornalista freelancer baseada em São Paulo, Brasil. Formada pela Universidade de Maryland nos Estados Unidos, Lise teve seus artigos publicados em agências de notícias, jornais e revistas especializadas ao redor do mundo, incluindo The Lancet, The Rio Times, Catholic News Service, The Guardian e Miami Beach Times. Além de sua atuaçāo na imprensa escrita, Lise também trabalhou por muitos anos como repórter de rádio da WBUR, da Deutsche Welle e da Rádio Vaticano.

Luiz Fara Monteiro

Luiz Fara Monteiro

Jornalista e radialista. Formado pelo Instituto de Ensino Superior de Brasília (IESB), trabalhou nas rádios Globo FM e CBN em Brasília. Apresentou os programas A Voz do Brasil e Café com o Presidente. Foi assessor de comunicação no Ministério de Desenvolvimento em Assistência Social.

Leia mais...

Mara Régia Di Perna

Mara Régia Di Perna

é uma celebridade nas ondas do rádio brasileiro, especialmente, para a população da Região Norte do país. Servidora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), de 1980 a 1990, produziu e apresentou programas para a Amazônia Legal, para o exterior e para o Distrito Federal…

Leia mais...

Choose Your Style