Objetivo

O Laboratório de Inovação busca oferecer aos conselheiros de saúde, gestores e demais interessados no campo da saúde, elementos concretos baseados em evidências de boa gestão, de como conduzir processos decisórios inclusivos e quais ferramentas inovadoras poderiam ser empregadas a partir de experiências. A iniciativa reuniu 12 experiências brasileiras e cinco internacionais sobre participação social em saúde e em outros setores da gestão pública. As experiências foram selecionadas após uma chamada pública em vários canais web. Foram 25 trabalhos foram inscritos e 15 escolhidos por uma comissão avaliadora formada por especialistas da Universidade de Brasília (UnB) e por conselheiros do CNS para segunda etapa. Desses, cinco resultaram em estudos de casos que estão descritos na série Navegadoru SUS, capítulo 3. Como referências são abordadas quatro dimensões principais de tais práticas: (a) procedimentos e qualidade da deliberação; (b) atores envolvidos, sejam os membros de organizações formais ou os cidadãos avulsos; (c) sustentabilidade do processo em termos econômicos e institucionais; (d) compreensão das potencialidades e das debilidades de tais processos.

Grupo de trabalho

O Laboratório de Inovação foi organizado pelo Conselho Nacional de Saúde e Opas.

Coordenador do GT
Flávio Goulart

Grupo de Trabalho
Cora Dias
Magda dos Anjos Duarte Scherer
Marcio Florentino Pereira
Maria Nina do Socorro Magalhães
Patrícia Queiroz Aucélio

Comissão de Acompanhamento do Conselho Nacional de Saúde
Francisco Batista Júnior
Graciara Matos de Azevedo
José Eri de Medeiros
Maria Cristina Pedro Biz
Nadir Francisco do Amaral
Verônica Lourenço da Silva

Experiências

Centro de Assessoria do Assuruá – BA (2011)

Grupos da Cidadania A organização não-governamental CAA – Centro de Assessoria do Assuruá tem como foco de sua ação os ...
Leia Mais

Formação e Assessoria em Políticas Publicas e Cidadania (2011)

A AATR – Associação de Advogados de Trabalhadores Rurais no Estado da Bahia presta assessoria jurídica às organizações sociais e ...
Leia Mais

Fiscalização do Poder Público de Sigefredo Pacheco (2011)

Sigefredo Pacheco é um município piauiense de 10.000 habitantes, com mais de 60% da área rural, distante 150 km de ...
Leia Mais

Campanhas de fiscalização – Esperantina no Piauí (2011)

O CEPES – Centro de Educação Popular de Esperantina no Piauí vem ministrando cursos de fiscalização das contas públicas, abertos ...
Leia Mais

Equilíbrio entre as dimensões política e técnica em Borba/AM (2011)

Essa cidade no estado do Amazonas tem população de 32.160 habitantes, distribuída entre a sede e mais cerca de 240 ...
Leia Mais

A experiência do Mobiliza SUS (Bahia) (2011)

O estado da Bahia, pertencente à região Nordeste do Brasil, tem população de 14.016.906 habitantes, com densidade demográfica de 24,71 ...
Leia Mais