idoso_13-1100x738

Assistência integral ao idoso – um desafio para o setor saúde

A longevidade impõe o desafio da organização do sistema de saúde. O Brasil tem hoje 26 milhões de idosos, 13% da população, com uma expectativa média de vida de 74 anos. Para 2033, estudos da Fiocruz indicam que a expectativa média de vida passará para os 80 anos, especialmente nas regiões Sul e Sudeste, o que aumentará a demanda para os serviços de saúde.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) recomenda às operadoras de saúde desenvolverem modelo de assistência integral à saúde do idoso, centrado nas necessidades e especificidades dos beneficiários cuja a principal ferramenta é o Plano de Cuidado. Nele, a operadora consegue prever um conjunto de ações assistenciais estruturadas capaz de avaliar o beneficiário de forma global (cognitiva, funcional, emocional e, etc),de atender a determinado problema de saúde do indivíduo, passando por ações de promoção da saúde, prevenção de incapacidades e integração entre os cuidados em todos os níveis de complexidade.

Para adequar o idoso à Linha de Cuidado que melhor corresponde ao seu estado de saúde, a operadora precisa começar pela estratificação do risco do paciente. A geriatra e consultora do Espaço Você Saudável, Vanessa Assalim, explica que estratificar o risco do paciente é predizer o risco de desenvolvimento das doenças mais comuns na população e para os pacientes já com a doença crônica estabelecida, é definir o estado do paciente e assim propor as alternativas possíveis para o seu melhor controle, possibilitando ações programáticas na prevenção e agravos de doenças.

A geriatra Vanessa Assalim ressalta a importância da atividade física para idosos

Os idosos podem ser separados em Alto Risco, Médio Risco ao Baixo Risco e, desta forma, terão distintas Linhas de Cuidado definindo com precisão os exames diagnósticos mais indicados para cada caso e a frequência mais adequada de cada um deles, além de indicar o melhor tipo de profissional médico e equipe interdisciplinar para cada pessoa, desenvolvendo um modo de produção do cuidado mais eficiente e racionalizando os custos assistenciais. “Dessa forma, conseguimos identificar e agrupar as pessoas conforme o risco estipulado, facilitando a criação e modelagem de Programas de Promoção da Saúde e Prevenção de Riscos e Doenças, planejando atividades diferenciadas e linhas de ação definidas conforme os grupos elegíveis”, explica a geriatra.

Médico Geriatra Wilson Sales, colaborador do Espaço Você Saudável

Os programas de assistência integral ao idoso devem prever o cuidado contínuo do idoso nos diferentes níveis de complexidade de atenção, como em caso de internações hospitalares e também no domicílio. “Quando o idoso é internado por complicação de alguma condição crônica ou quando sofre algum outro evento inesperado, a operadora de saúde deve fazer todo o monitoramento na internação para quando ele receber a alta já está com a estratificação do risco refeita e nova formatação do plano de cuidado”, diz Wilson Sales, geriatra e consultor do Espaço Você Saudável.

“Todos os programas que trabalham com a saúde do idoso devem estimular a corresponsabilidade, a conscientização e a participação do paciente no processo de controle das doenças, capacitando as pessoas e a comunidade para atuar na melhoria da sua qualidade de vida e saúde”, ressalta Vanessa Assalim. O autocuidado é uma ferramenta que deve ser pactuada entre os profissionais de saúde e o idoso.

Acesse Plano de Cuidado para Idosos (http://www.ans.gov.br/materiais-para-pesquisas/materiais-por-tipo-de-publicacao/765-livros)

Saiba Mais

Para estimular o idoso e seus familiares a serem corresponsáveis no processo de controle da doença e no cuidado com a saúde, o Espaço Você Saudável preparou uma série especial com matérias sobre a Saúde do Idoso. O objetivo é auxiliar o leitor e sensibilizá-lo para os desafios rotineiros e conhecer melhor as particularidades da saúde nesta fase da vida. O conteúdo é produzido com a parceria dos médicos geriatras Wilson Sales e Vanessa Assalim, ambos colaboradores do Espaço Você Saudável. Todos as matérias especiais estarão publicadas até junho, acompanhe:

–      Como avaliar a saúde do Idoso

–       A importância da Vacina contra a Gripe para Idoso

–       Cuidados para evitar quedas em casa e na rua

– O que é a iatrogenia?

Espaço Você Saudável

Compartilhe

« Voltar