Reforma da Atenção Primária à Saúde na Cidade do Rio de Janeiro – Avaliação dos Primeiros três anos de clínicas da família

Pesquisa avaliativa sobre aspectos de implantação, estrutura, processo e resultados das Clínicas da
Família na cidade do Rio de Janeiro.

A Atenção Primária à Saúde (APS) é o primeiro nível de acesso a um sistema de saúde, caracterizando-se, principalmente, pela longitudinalidade, integralidade da atenção e a coordenação do cuidado, podendo contar com característi cas complementares como a orientação familiar e comunitária e a competência cultural. Paí- ses com APS forte, ordenadora e coordenadora da atenção, apresentam melhores indicadores de saúde com menores investi mentos em relação a países com APS fraca. No Brasil, estudos mostraram efeitos importantes da APS, especialmente da Estratégia Saúde da Família (ESF), na melhoria da saúde da população. Entretanto, a heterogeneidade na qualidade da atenção ainda é uma marca da ESF, assim como os desafi os de se ampliar sua capacidade de resposta frente a novos e velhos agravos que caracterizam a saúde no Brasil, especialmente as doenças crônicas.

 

 Boa Leitura!

Versões disponíveis


Versão PDF

 

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest