Porto Alegre irá integrar Laboratório de Inovação em APS Forte

Porto Alegre será a primeira cidade a integrar o Laboratório de Inovação em APS Forte. O anúncio foi realizado pelo coordenador da Unidade Técnica de Sistemas e Serviços de Saúde da OPAS, Renato Tasca, durante visita à Capital nessa quarta-feira, 28. A metodologia é utilizada para a observação, sistematização e divulgação de práticas inovadoras e exitosas na Atenção Primária à Saúde, voltadas ao atendimento das necessidades dos cidadãos.

O gestor da OPAS afirma que a organização está interessada em valorizar experiências de gestão de serviços e sistemas de saúde, que coloquem a Atenção Primária no centro destas estratégias. “Para nós é fundamental conhecer e entender o que está sendo feito, identificando as práticas, pois podem ser muito úteis para outros gestores do Brasil”, salientou. Conforme Tasca, a entidade irá acompanhar esse esforço da secretaria municipal de oferecer mais acesso à saúde para população.

O secretário municipal de Saúde, Erno Harzheim, disse ficar orgulhoso pelo reconhecimento do esforço empreendido para qualificar o SUS em Porto Alegre. “Trabalhamos com muita dedicação e agora que a Opas está nos observando, temos certeza que isso irá nos ajudar a nos comprometermos ainda mais com os nossos desafios e entregar mais para a população”, afirmou.

A comitiva da Opas esteve em Porto Alegre durante dois dias e visitou a unidade de saúde Modelo, no turno estendido, a sede do TelessaúdeRS-Ufrgs e as estruturas da primeira Clínica da Família de Porto Alegre. Entre as metas da gestão estão a ampliação da cobertura da Estratégia Saúde da Família, novos aportes financeiros do Tesouro Municipal na APS, ampliação da carteira de serviços na APS e utilização de recursos tecnológicos na saúde para apoiar APS na realização da regulação em saúde, entre outros, que serão acompanhados pela iniciativa.

Com informações da Ascom SMS-Porto Alegre

Créditos Fotos – Cristine Rochol/PMPA