Ministério da Saúde e OPAS definem 31 experiências em Educação Permanente que serão visitadas até maio

Após etapa de recursos ao resultado preliminar divulgado em 12 março (saiba mais), a comissão de avaliação do Laboratório de Inovação em Educação na Saúde, com ênfase em Educação Permanente no Sistema Único de Saúde (SUS), incorporou mais uma experiência para visita no território, somando agora 31 práticas, ao invés de 30 experiências previstas anteriormente no Edital. As visitas correspondem à terceira etapa do Laboratório de Inovação e ocorrerão entre abril e maio.

“As experiências selecionadas no Laboratório de Inovação em Educação na Saúde apresentam potencialidades para o fortalecimento da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. E nossa proposta é de utilizá-las como modelo de boas práticas, com capacidade para replicação em todo o país. Assim demonstraremos o quanto os profissionais de saúde fazem, de forma efetiva, Educação Permanente em Saúde em seu cotidiano do trabalho em saúde”, ressalta a diretora do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (Deges) do Ministério da Saúde, Cláudia Brandão.

“Avançamos para uma etapa enriquecedora do Laboratório de Inovação em que vamos conhecer como a experiência acontece no território, quais as redes em que estão inseridas, sua sustentabilidade, e, muito importante, identificar com mais qualidade o que faz dela uma inovação em Educação Permanente”, explica Monica Padilla, coordenadora da Unidade Técnica de Capacidades Humanas para a Saúde da OPAS.

As experiências foram selecionadas após a realização de um seminário, em Brasília, ocorrido no início de março, onde 45 experiências indicadas na segunda etapa do Laboratório de Inovação em Educação na Saúde apresentaram mais informações sobre as práticas e trocaram conhecimentos entre si (saiba mais).

Estas experiências que serão visitadas são provenientes de secretarias estaduais e municipais de saúde, de universidades e da sociedade civil. Contemplam os três eixos temáticos do Laboratório de Inovação: sendo 15 práticas sobre Integração ensino-serviço-comunidade, sete sobre Educação e Práticas Interprofissionais e nove abordam a temática da Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde.

Após a finalização das visitas, a comissão de avaliação do Laboratório de Inovação selecionará, a princípio, 15 práticas finalistas que serão sistematizadas e divulgadas no Portal da Inovação na Gestão do SUS (apsredes.org), no site do Ministério da Saúde e de parceiros, além de comporem uma publicação técnica intitulada NavegadorSUS e participarem de eventos sobre o tema.

O Laboratório de Inovação é uma iniciativa do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (Deges), da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), do Ministério da Saúde, em parceria com a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), com o objetivo fortalecer a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde e dar visibilidade a experiências exitosas no campo da Educação na Saúde.

Confira abaixo as 31 experiências selecionadas para a terceira etapa do LI:

 

Nome da Experiência Eixo Temático Instituições Município Estado
A reorientação da formação por meio da educação interprofissional e prática colaborativa – Pró-saude e PET Saúde II. Educação e Práticas Interprofissionais Universidade Estadual de Maringá e Prefeitura Municipal de Maringá- Secretaria de Saúde Maringá PR
 

Apoio à implantação e implementação dos Núcleos de Apoio a Saúde da Família (NASF) em uma região do Estado de São Paulo: a educação permanente como instrumento para lidar com desafios e possibilidades das práticas interprofissionais no campo da saúde cole

II. Educação e Práticas Interprofissionais Universidade Federal de São Carlos e Departamento Regional de Saúde de Araraquara – DRSIII São Carlos SP
Aprender trabalhando e trabalhar ensinando I. Integração ensino-serviço-comunidade Universidade Estadual de Campinas – Faculdade de Ciências Médicas Campinas SP
Caminhos da Construção da Rede de Integração Ensino e Serviço da  SMS de Porto Alegre I. Integração ensino-serviço-comunidade Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre Porto Alegre RS
 

Cartilha didática como incentivo ao uso de chás, cuidados com plantas tóxicas e pragas urbanas através do PET SAÚDE GRADUASUS

I. Integração ensino-serviço-comunidade Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca e Universidade Federal de Alagoas Arapiraca AL
 

Círculos de Leitura e Escrita Criativa – Encontros entre a Literatura e os Processos de Cuidado em Saúde

I. Integração ensino-serviço-comunidade Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Grupo Hispitalar Conceição (GHC) Porto Alegre RS
 

Curso de acolhimento em Redes de Atenção a saude

I. Integração ensino-serviço-comunidade Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins Palmas TO
 

Curso de Ensino à Distância Promoção do Envolvimento dos Homens na Paternidade e no Cuidado

II. Educação e Práticas Interprofissionais Instituto Promundo Rio de Janeiro RJ
 

Educação e Práticas Interprofissionais na Temática da Vulnerabilidade e Violência: Experiências na Residência Multiprofissional em Saúde da Criança no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas

II. Educação e Práticas Interprofissionais Hospital Materno Infantil Presidente Vargas Porto Alegre RS
Educação interprofissional na interação universidade serviço comunidade no SUS: narrativas de 15 anos da educação pelo trabalho I. Integração ensino-serviço-comunidade Faculdade de Medicina de Botucatu e Secretaria Municipal de Saúde de Botucatu do Estado de São Paulo Botucatu SP
 

E-MAIS: Educação permanente – Monitoramento e Avaliação de Iniciativas em Saúde

III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde Prefeitura Municipal de Pelotas Pelotas RS
Empoderamento de lideranças por meio da ed. Profissional para estimular processos de atenção odontológica I. Integração ensino-serviço-comunidade Universidade Estadual de Maringá e Secretaria de Saúde do Estado do Paraná Maringá PR
Escritório de Qualidade para Organizações de Saúde II. Educação e Práticas Interprofissionais Universidade do Estado de Mato Grosso e Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra Tangará da Serra MT
Farmácia Natural – Tenda da Saúde III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde Prefeitura Municipal de Balneário Piçarras Balneário Piçarras SC
Gestão fortalecida a partir da gestão compartilhada: integrando saberes II. Educação e Práticas Interprofissionais Hospital Infantil de Palmas Dr Hugo Rocha da Silva Palmas TO
 

Inovando práticas de prevenção e promoção da saúde a partir da análise local de vulnerabilidades à saúde, no contexto do vírus zika

I. Integração ensino-serviço-comunidade Instituto de Estudos em Saúde Coletiva – IESC/UFRJ

 

Rio de Janeiro RJ
LAB-AVC Serra Catarinense II. Educação e Práticas Interprofissionais Agência de Desenvolvimento Regional- Gerencia de Saúde e Uniplac Lages SC
LAB-MÃE SERRANA: EPS TRANSFORMANDO PRÁTICAS III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde AGENCIA DE DESENVOLVIMENTO REGIONAL DE LAGES – 26 REGIONAL DE SAÚDE DE LAGES e Secretaria Municipal da Saúde de LAGES Lages SC
MOBILIZAÇÃO, SENSIBILIZAÇÃO PARA INSTITUCIONALIZAÇÃO DO CONSELHO DE SAÚDE LOCAL EM CRATO-CE I. Integração ensino-serviço-comunidade Universidade Regional do Cariri (URCA) e Secretaria Municipal de  Saúde do Crato Crato CE
 

O SISTEMA DE REGULAÇÃO DAS PRÁTICAS DE ENSINO NA SAÚDE NO ESTADO DO CEARÁ

I. Integração ensino-serviço-comunidade SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ Fortaleza CE
Oficina de Integração Mexendo a Cuca: Saúde Mental, Gastronomia, Matemática e Cidadania I. Integração ensino-serviço-comunidade INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA e Serviços Organizados em Inclusão Social Joinville SC
Processos avaliativos de EPS em Sta Catarina-uma roda que nunca parou de girar III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES-SC) e Universidade do Extremo Sul Catarinense (UNESC) Florianópolis SC
PRODUZINDO AÇÕES DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE E APOIO INSTITUCIONAL NOS MUNICÍPIOS DO DRS III DE ARARAQUARA III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto e Departamento Regional de Saúde de Araraquara – DRS III Ribeirão Preto SP
 

PROGRAMA BOLSA DE INCENTIVO À EDUCAÇÃO NA REDE SESA: UMA EXPERIÊNCIA ALÉM DA PROFISSÃO UM ESTÁGIO PARA A VIDA

I. Integração ensino-serviço-comunidade SECRETARIA DA SAÚDE DO ESTADO DO CEARÁ Fortaleza CE
 

Projeto interação ensino serviço comunidade-uma proposta inovadora na educação do trabalho em saúde Porto Seguro BA

I. Integração ensino-serviço-comunidade Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro e Universidade Federal do Sul da Bahia Porto Seguro BA
Projeto Refazendo as Trilhas da Educação Permanente em Saúde na Planície Litorânea III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ e Primeira Diretoria Regional de Saúde Parnaíba PI
Projeto: De Geração para Geração, Valorizando as Heranças Culturais III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde SECRETARIA MUNICIPAL DE INDAIAL Indaial SC
REDUÇÃO DE DANOS COMO ESTRATÉGIA DE ATENÇÃO E CUIDADO INTEGRAL EM SAÚDE: Políticas, vivências, intervenções e qualificação profissional I. Integração ensino-serviço-comunidade UFPB – UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA Paraíba PB
Saúde Mental-construção da rede de cuidados e EPS III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde Secretaria Municipal de Saúde – CAP 1.0 Rio de Janeiro RJ
Sentidos do nascer I. Integração ensino-serviço-comunidade FAE – UFMG e Secretaria Municipal de Saúde de BH Belo Horizonte MG
Unidade Básica Amiga da Saúde LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transgêneros) III. Gestão da Política de Educação Permanente em Saúde Secretaria Municipal de Saúde de Salvador Salvador BA

 

Por Vanessa Borges,

Portal da Inovação na Gestão do SUS

 

Recommend to friends
  • gplus
  • pinterest