Gestores do Distrito Federal e Porto Alegre conhecem atenção primária de Teresina

Uma delegação de gestores de saúde de Porto Alegre (RS) e do Distrito Federal (DF), acompanhada por representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e Ministério da Saúde, visitam Teresina amanhã (09) e sexta-feira (10). O objetivo é realizar um intercâmbio de práticas inovadoras que priorizam o cuidado centrado no paciente com mudança do modelo assistencial, por meio da divulgação e troca de experiências.

Porto Alegre, Distrito Federal e Teresina são os primeiros entes da federação a integrar o Laboratório de Inovação em Atenção Primária à Saúde (APS Forte) da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), que faz o acompanhamento e a sistematização das transformações que estão ocorrendo na saúde destas localidades. “Teresina participa porque o município tem 100% de cobertura da Atenção Básica e conta com um laboratório público que fornece exames em larga escala para toda a rede municipal, além de outras experiências exitosas”, fala Sâmmia Barros, diretora de Planejamento da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina.

Cada experiência é abordada de acordo com a especificidade do território, a partir do levantamento de informações sobre a organização da APS, a situação de saúde da população e as metas da gestão voltadas para a melhoria da APS.

“A visita dos consultores e técnicos à Teresina vai nos ajudar e orientar a melhorar mais ainda os serviços oferecidos pela saúde na área da atenção básica. São profissionais com muita experiência e com visão da saúde como um todo. Esta parceria está sendo muito enriquecedora para todos nós”, diz Sílvio Mendes, presidente da FMS.

Amanhã (09) representantes da OPAS, do Distrito Federal e Porto Alegre serão expostos a uma apresentação do SUS Teresina pelo presidente da FMS. Em seguida, visitarão o Laboratório Raul Bacelar e a nova sede. No período da tarde ocorrerá uma visita à Unidade Básica de Saúde Angelim e uma passagem pelo Hospital Dr. Zenon Rocha (HUT). Além também de visita à Central de Regulação Ambulatorial, Hospitalar e de Transporte.

No dia 10, sexta-feira, os representantes da OPAS visitarão a Unidade Básica de Saúde da Estaca Zero, o Centro de Atenção Psicossocial Infantil e o Centro Municipal de Atendimento Multidisciplinar (CMAM).

 

Fonte (PortalPMT)